domingo, 15 de novembro de 2015

Museu de Miranda distinguido O filme «Museu da Terra de Miranda», realizado pelo Município de Miranda do Douro, no âmbito do projeto Marca Duero, foi distinguido com uma Menção Honrosa, na categoria de Turismo Cultural.

O filme "Museu da Terra de Miranda”, realizado pelo Município de Miranda do Douro, no âmbito do projeto Marca Duero, foi distinguido com uma Menção Honrosa, na categoria de Turismo Cultural, no âmbito do prémio VIII ART&TUR – Festival Internacional de Cinema de Turismo.
O Museu da Terra de Miranda está situado no centro histórico de Miranda do Douro, instalado na antiga Domus Municipalis da cidade, edifício do século XVII. Fundado em 1982, o museu evoca o tempo longo do planalto mirandês. A visita permite descobrir traços característicos da vida social e cultural de uma região cuja forte identidade, manifesta na presença da língua mirandesa (segunda língua oficial da República Portuguesa desde 1999) e ancorada na agricultura, na pecuária e no comércio de fronteira, passa hoje por evoluções profundas e rápidas.

Ao longo das suas oito edições, o Festival Internacional de Cinema Turístico ART&TUR,  tem premiando obras de cinema audiovisual e multimédia de qualidade, que promovem o Turismo de todas as partes do Mundo e nas suas múltiplas facetas.
Esta edição fica também marcada pelo recorde de participação, foram 54 países que competiram pelo prémio de melhor filme turístico com um total de 256 filmes em competição, evidenciando deste modo o carácter internacional do ART&TUR.
A Competição Nacional contou com a participação de 88 filmes em 13 categorias temáticas, o Prémio de Melhor Filme Asiático contou com 23 filmes em competição e para o Prémio de Melhor Filme Ibero-Americano concorreram 35 filmes.
Cada filme inscrito no Festival ART&TUR é submetido a vários processos de seleção e avaliação pelos diferentes membros do júri de forma independente, que através de uma escala de pontuação de 1 a 10 vão avaliando os filmes em 6 critérios que passam pela temática até á produção.

Sem comentários:

Enviar um comentário