sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Comemorações dos 150 Anos do Abade de Baçal Prosseguem as Comemorações dos 150 Anos do Abade de Baçal, com a realização do Congresso «Vida, obra e pensamento de Francisco Manuel Alves».




No ano em que se comemoram os 150 anos do nascimento de Francisco Manuel Alves, a cidade de Bragança irá receber nos próximos dias 13 e 14 de novembro, um congresso dedicado a esta importante figura da história transmontana. A iniciativa vai decorrer no Auditório Paulo Quintela.

A sessão solene de abertura, agendada para as 9h30, do dia 13 de novembro, contará com as intervenções de D. José Manuel Cordeiro, Bispo de Bragança-Miranda, José Manuel Pavão – Presidente da Comissão Organizadora, António Ponte – Diretor da Direção Regional de Cultura do Norte e Hernâni Dias – Presidente da Câmara Municipal de Bragança.
Para além das diversas comunicações sobre a vida e obra do Abade de Baçal, o Congresso integra ainda a inauguração das exposições:
Visitas espetaculares – Pintores e Arquitetos nos palcos portugueses – Parceria com o Museu da Presidência da República e com o Museu Nacional do Teatro e da Dança
Flor na Pele - Parceria com A Oficina Centro de Artes e Mesteres Tradicionais de Guimarães, CIPRL
Vocacionados à Santidade – Parceria com a Diocese de Bragança-Miranda


A Comissão Organizadora do Congresso "Vida, obra e pensamento de Francisco Manuel Alves, Abade de Baçal” é constituída por António Manuel Ponte (Direção Regional da Cultural do Norte), Cristina da Conceição Ferreira Vidal Figueiredo (Câmara Municipal de Bragança), Américo Jaime Afonso Pereira (Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes), Ana Maria Afonso (Museu do Abade de Baçal), Armando Coelho Ferreira da Silva (Universidade do Porto/ Faculdade de Letras), Arnaldo Cardoso de Pinho (Universidade Católica Portuguesa), Élia Maria Mofreita Correia (Arquivo Distrital de Bragança), Henrique Manuel Pereira (Universidade Católica Portuguesa/Escola das Artes), João Manuel Neto Jacob (Museu do Abade de Baçal), José Manuel Pavão (Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes/ Assembleia Municipal de Mirandela), Rui Afonso Cepeda Caseiro (Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes) e Maria Elisete Afonso (Centro de Formação da Associação de Escolas Bragança Norte).


Sobre o Abade de Baçal

Francisco Manuel Alves, mais conhecido como Abade de Baçal, (Baçal, 9 de abril de 1865 — Baçal, 13 de novembro de 1947) foi um arqueólogo, historiador e genealogista português.
Nascido numa aldeia do concelho de Bragança, onde nasceram também seus pais Francisco Alves Barnabé e Francisca Vicente, foi ordenado sacerdote em 13 de junho de 1889, desde então, até a sua morte, tornou-se pároco da sua aldeia natal.
Dedicou a sua vida a recolher testemunhos arqueológicos, etnológicos e históricos respeitantes à região de Trás-os-Montes e, especialmente ao distrito de Bragança. Autodidata erudito, rústico e pitoresco.
A sua obra principal são as memórias arqueológicas-históricas do distrito de Bragança (1909-1947), em onze volumes.
Em 1925, foi nomeado diretor-conservador do Museu Regional de Bragança, que, desde 1935, é designado por Museu do Abade de Baçal em sua homenagem.
- See more at: http://www.culturanorte.pt/pt/noticias/comemoracoes-dos-150-anos-do-abade-de-bacal/#sthash.1U5wdfwW.dpuf

Sem comentários:

Enviar um comentário