sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Torre de Moncorvo - cede casa grátis a médicos que queiram trabalhar no centro de saúde

O presidente da Câmara de Torre de Moncorvo, Nuno Gonçalves, anunciou hoje a cedência gratuita de habitação a médicos que se queiram fixar naquele concelho do distrito de Bragança para trabalhar no centro de saúde.

“Os novos médicos que estão prometidos para prestar serviço no centro de saúde local vão usufruir desta medida que se estende às suas famílias, se for o caso, bem como todos os encargos com essa mesma habitação. De momento, há dois clínicos nesta situação”, explicou o autarca social-democrata.
Desde novembro de 2015 que o Centro de Saúde de Torre de Moncorvo (CSTM), com oito mil utentes inscritos, se tem debatido com a falta de médicos.
Atualmente prestam serviço no CSTM quatro médicos, sendo que dois estão em “regime temporário” e pertencem a unidades de saúde de Mirandela.
“Está em fase final de processo a colocação de mais dois médicos até ao final do ano no CSTM, sendo que em abril um deles ficará em definitivo ao abrigo deste incentivo”, indicou.
Segundo Nuno Gonçalves, seis médicos a trabalhar no concelho seria já um número “razoável”.
A população do concelho de Torre de Moncorvo “está bastante envelhecida” e com a entrada do inverno “as situações de saúde complicam-se”, num concelho com cerca de 8.000 utentes inscritos.
Por seu lado, o presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste, António Marçôa, duse que vê adiantou que é visto com “muito interesse”, os incentivos dados aos médicos que se queiram fixar nos centros de saúde deste território do interior.
“Há já dois médicos afetos há ULS Nordeste que estão a beneficiar destes incentivos e esperamos que no próximo mês de abril, outros médicos venham a ser contemplados, tudo porque está em curso o processo de fixação de novos clínicos no CSTM”, adiantou o administrador.
António Marçôa realçou que o CSTM conta com quatro médicos no seu “quadro” de pessoal e que até ao final do ao poderá subir para seis clínicos em regime de permanência.
“Até abril poderá haver um médico para cada 1.600 utentes do CSTM”, contabilizou.
O problema com a falta de médicos em Torre de Moncorvo já se arrasta desde novembro de 2015.
A Comissão Concelhia de Torre de Moncorvo do PCP anunciou, entretanto, que vai realizar na segunda-feira, na Praça Francisco Meireles, pelas 11:30, uma Tribuna Pública sobre a degradação dos cuidados de saúde primários prestados pelo CSTM às populações.

Lusa

TORRE DE MONCORVO - EFEMÉRIDES ( 05/02)

05.021482 – O rei D. Afonso V autoriza a construção de uma Estalagem em Torre de Moncorvo, por ser terra onde “aportam muitos viajantes”.

05.02.1836 – Discursando no Parlamento, o deputado Moncorvense Visconde do Banho propôs que se chamassem veterinários espanhóis por não os haver em Portugal; que se criem escolas veterinárias e que se não lancem impostos sobre os cavalos.

05.02.1876 – Nascimento de António Augusto Garcia, em Torre de Moncorvo, filho de Manuel Joaquim Garcia, imigrado de Itália e Maria Adelaide de Campos, de Moncorvo. Deixou colaboração dispersa por vários jornais. Foi emigrante em Angola mas cedo regressou a Moncorvo, onde faleceu aos 25 anos de idade. Publicou um livro de poesia (?) com o título: À Sombra.
05.02.1887 – Atribuído o nome de Avenida Fontes Pereira de Melo à Rua do Chapaceiro, antiga Rua do Cabo.
05.02.1916 – Inauguração do Asilo Francisco António Meireles, a maior obra de sempre construída em Torre de Moncorvo no domínio da assistência social.
António Júlio Andrade

TRÁS-OS-MONTES (1948)


Click na imagem para aumentar.


REEDIÇÃO DE POSTS DESDE O INICIO DO BLOGUE

De Cabinda ao Namibe - Memórias de Angola ,de Adriano Vasco Rodrigues

Click na imagem para aumentar.

REEDIÇÃO DE POSTS DESDE O INICIO DO BLOGUE

Freixo de Espada à Cinta - XXX Encontro Venatório do Nordeste Transmontano


quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

TREATRALMA - I Mostra de Artes Cénicas de Torre de Moncorvo - CONVITE

Exmos./as. Senhores/as
Clique na imagem para ampliar
A Associação GAFT - Alma de Ferro, em parceria com o Município de Torre de Moncorvo, objectivando o desenvolvimento cultural e a democratização do acesso à arte e à intensificação de acções de produção e formação teatral, tem a honra de convidá-lo para o evento doTEATRALMA - I Mostra de Artes Cénicas de Torre de Moncorvo, a acontecer nos dias 6 / 7 /13 e 14 de Fevereiro de 2016.
O presente convite, para além de contar com a vossa ilustre presença ao longo do evento, também se estende à sua participação, em especial, na cerimónia de abertura desta primeira mostra de artes cénicas, a acontecer dia 6 de Fevereiro (Sábado), às 14h00, no Cine Teatro de Torre de Moncorvo.
A programação do TEATRALMA -  I Mostra de Artes Cénicas, conta com espectáculos teatrais do grupo anfitrião GAFT - Alma de Ferro e de grupos vindos de vários locais do país como Esmoriz, Viseu, Pinhal Novo e Lisboa; a acontecerem nos dias 6 / 7 / 13 / 14 de Fevereiro, às 21h30, no Cine Teatro de Torre de Moncorvo. Além disso, haverá outras actividades, ao longo do dia, mais voltadas para aformação de actores (dias 7 e 13 de Fevereiro), ministrados por formadores acreditados e de grande relevo no mundo da arte teatral eoficinas de trabalho de artes cénicas (14 de Fevereiro), promovidas pelo GAFT - Alma de Ferro.
Para mais informações acerca do programa e inscrições nos workshops de formação, consultar o seguinte link  (informação disponível em breve!) - https://www.facebook.com/almadeferro.grupo/ 
ou contactar o grupo de teatro GAFT - Alma de Ferro, através dos seguintes contactos:
- Programação e informações sobre o evento: almadeferro2008@hotmail.com
- Inscrições nos Workshops: São Lemos - 914 219 131

A sua presença, participação e divulgação é(-nos) muito importante e preciosa!
Saudações Férreas,
GAFT - Alma de Ferro

Moradias do Douro Internacional

MORADIAS DO DOURO INTERNACIONAL - CONGIDA- Freixo de Espada à Cinta from Leonel Brito on Vimeo.

Torre de Moncorvo - Segundo Concurso de Doçaria de Amêndoa


A Confraria da Amêndoa do Douro Superior organiza com o apoio do Município de Torre de Moncorvo o segundo concurso de doçaria de amêndoa. A concurso vão estar o bolo de chá, bolo de fatia e doce de colher.
As inscrições estão abertas para o público em geral até dia 19 de Março, na Loja Interativa de Turismo.
Toda a doçaria deve ser entregue, acompanhada da respetiva receita, na Loja Interativa de Turismo até dia 8 de Abril de 2016, às 17h00.
Serão atribuídos prémios ao primeiro lugar de cada categoria, sendo que os vencedores são divulgados no dia 9 de Abril no almoço da confraria.
Torre de Moncorvo é um dos maiores produtores de amêndoa do país e um dos concelhos que mais importância dá à amendoeira em flor, com esta iniciativa pretende-se promover a doçaria de amêndoa, tradição bastante antiga que tão bem nos caracteriza.

Câmara Municipal de Torre de Moncorvo, 4 de Fevereiro de 2016

Luciana Raimundo

Torre de Moncorvo - Feira Medieval de Torre de Moncorvo 2016

A Câmara Municipal de Torre de Moncorvo promove de 8 a 10 de Abril mais uma edição da Feira Medieval de Torre de Moncorvo, este ano com o tema D. Dinis, Poeta e Trovador.
Filho de D. Afonso III e de D. Beatriz de Castela, D. Dinis foi aclamado rei, em Lisboa em 1279, para iniciar um longo reinado de 46 anos.
A cultura foi um dos seus interesses pessoais. D. Dinis não só apreciava literatura, como foi ele próprio um poeta notabilíssimo e um dos maiores e mais fecundos trovadores do seu tempo. Aos nossos dias chegaram 137 textos da sua autoria, distribuídas por todos os géneros (cantigas de Amor, cantigas de Amigo e cantigas de Escárnio e Maldizer).
No próximo dia 6 de Fevereiro, pelas 14h30, tem lugar um casting para escolher a imagem da Feira Medieval de 2016. A comunidade escolar regressa assim à idade média para uma sessão fotográfica que se realizará em alguns dos locais históricos e mais emblemáticos da vila, nomeadamente na Porta da Traição, Escadas do Baldoeiro, Arco de Nossa Senhora dos Remédios, Capela do Sagrado Coração de Jesus e nas Ruínas do Castelo. 

Torre de Moncorvo - Primeira atividade do projeto “Colorindo as Tradições” reuniu idosos e crianças


O Cine-Teatro de Torre de Moncorvo recebeu no passado dia 29 de janeiro, a atividade “Era uma vez…”, organizada no âmbito do projeto “Colorindo as Tradições”.
Os protagonistas desta iniciativa foram os idosos das IPSS que representaram em palco as tradições e os costumes das suas aldeias ou freguesias. Presentes estiveram também alguns alunos do Agrupamento de Escolas de Torre de Moncorvo, que assistiram e interagiram com os mais idosos.
Participaram a Santa Casa da Misericórdia de Torre de Moncorvo e Centro Social da Lousa com a interpretação de uma música tradicional e dois poemas. Seguiu-se a projeção de um filme sobre o Lagar Comunitário da Cera e um outro sobre a aldeia de Felgueiras, estando presente o último cerieiro de Felgueiras que explicou ao público presente como se faziam as velas e os círios. O Centro Social e Paroquial de Carviçais apresentou uma história cantada e o Centro Social e Paroquial do Larinho convidou duas jovens que interpretaram alguns temas populares.
Este espetáculo contou com uma participação muito especial, a da Associação de Pais e Amigos do Diminuído Intelectual (APADI) de Bragança, que terminaram a sessão com o cantar dos reis.
A iniciativa é promovida pela Câmara Municipal de Torre de Moncorvo, no âmbito da Rede Social de Torre de Moncorvo.
A próxima atividade realiza-se dia 5 de Fevereiro com a participação conjunta das IPSS’s do concelho com os alunos do Agrupamento de Escolas de Torre de Moncorvo no Corso de Carnaval.

Câmara Municipal de Torre de Moncorvo, 1 de Fevereiro de 2016
Luciana Raimundo

Carrazeda de Ânsiães - Museu da Memória Rural acolhe Workshop de Sabonetes de Azeite



No último domingo do mês de Janeiro decorreu no Museu da Memoria Rural o Workshop “Sabonetes Naturais de Azeite”. Esta iniciativa, organizada pela Câmara Municipal de Carrazeda de Ansiães, teve como principal objectivo a animação e  a divulgação desta estrutura museológica, aliando-a a um evento que promove a utilização do azeite no fabrico de produtos cosméticos naturais.
A sala onde decorreu o workshop foi pequena para acolher cerca de meia centena de participantes aos quais foram facultadas as bases fundamentais para a confeção de sabonetes artesanais, utilizando produtos naturais como o azeite e o mel.
Durante o workshop foram usados de forma demonstrativa os equipamentos necessários para a confeção de sabonetes, assim como o seu correto manuseamento. As regras de segurança também não ficaram esquecidas, sendo sempre enumeradas ao longo do processo de confecção.
 
No final, todos os participantes puderam levar para casa um manual de preparação de sabonetes artesanais de azeite assim como um sabonete, que permite tratar a nossa pele com o que de melhor a terra nos dá.




Vinhais - O fumeiro foi ao Porto mostrar-se em casa de transmontano



O chef Vítor Matos deu gás aos fogões do seu Antiqvvm para a apresentação da 36.ª Feira do Fumeiro, que decorre a partir de quinta-feira e entra pelo Carnaval adentro.
Está um meio-dia radioso, o sol de Inverno quase a queimar e a derramar-se sobre o rio, olha-se para um lado e vê-se uma ponte, para o outro e mais uma ponte, vira-se a cabeça para trás e há jardins românticos. E nas mesas da esplanada, voltadas para o mesmo Douro, há amêndoas torradas com flor de sal e entretanto hão-de vir servir-nos vinho branco. Ouvimos alguém comentar: “Este deve ser o melhor sítio da cidade para se estar hoje.” Talvez – e ainda nem sequer começámos.
Situemo-nos: estamos no restaurante Antiqvvm – paredes-meias com o Museu Romântico e onde antes funcionara o Solar do Vinho do Porto –, a nova casa do chef Vítor Matos (uma estrela Michelin, conquistada para o Largo do Paço, em Amarante). E para este almoço Vítor Matos tem visitas: transmontano de Vila Real, o cozinheiro abriu as portas do Antiqvvm para a apresentação da 36.ª edição da Feira do Fumeiro de Vinhais, que arranca esta quinta-feira e vai até ao domingo de Carnaval.

TORRE DE MONCORVO - EFEMÉRIDES (04/02)

A velha câmara
04.02.1643 – Acta da reunião da câmara: - “… vereadores mandaram vir perante si a Pedro Fernandes e Francisco Vaz canteiros, fabriqueiros da fábrica do chafariz desta vila…”

04.02.1488 – O contador da comarca de Torre de Moncorvo dá de aforamento a 12 famílias umas aldeias ermas do termo de Montalegre. Entre outras razões, a notícia tem interesse por significar que o termo da comarca de Torre de Moncorvo se estendia pela região de Montalegre. 

António Júlio Andrade

Troféu Regional de Automodelismo TT (2011)

No dia 22 de Maio (Domingo) vai-se realizar em Torre de Moncorvo a 3.ª Prova do Troféu Regional de Trás-Os-Montes de Automodelismo TT. Organização  a cargo do Motoclube de Moncorvo juntamente com a Câmara Municipal.
A prova decorrerá no Campo de Jogos de S. Paulo:
11:00 horas - Treinos
15:00 horas - Provas


Click na imagem para aumentar


Reedição de posts desde o inicio do blogue

TORRE DE MONCORVO - ESCAPARATE (XXIII)

Click na imagem para aumentar
Paginação elaborada por Luís Teixeira.
Reedição de posts desde o inicio do blogue

Freixo de Espada à Cinta - Espetáculo “Sichuan and Chongqing Style”

No âmbito da sua programação cultural, a Câmara Municipal de Freixo de Espada à Cinta, em colaboração com a Embaixada da República Popular da China em Portugal, vai realizar, no próximo dia 8 de Fevereiro, um espetáculo de artes performativas pela companhia Chinesa “Sichuan and Chongqing Style”, que se desloca a Portugal onde fará 5 apresentações.
De entrada gratuita, o espetáculo, com a duração de 70 minutos, tem início às 20h30m no Auditório Municipal e integra performances de dança, teatro, artes acrobáticas e música.
 
Gabinete de Comunicação da CM de Freixo de Espada à Cinta
Sara Alves

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Torre de Moncorvo e de Carrazeda de Ansiães - Parque Eólico


Autarquias de Torre de Moncorvo e de Carrazeda de Ansiães não se conformam com o chumbo à construção de um parque eólico na região.
O Instituto de Conservação da Natureza e Florestas deu parecer negativo ao projeto, o que deve inviabilizar um investimento de 92 milhões de euros.