quinta-feira, 9 de junho de 2016

Torre de Moncorvo celebrou o Mês de Constantino, Rei dos Floristas



Torre de Moncorvo celebrou durante o mês de maio o Mês das Flores e de Constantino Rei dos Floristas.


Para o efeito o Município com a ajuda das Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho e algumas associações decorou as ruas do centro histórico da vila com flores e os bancos e as árvores da Praça Francisco Meireles, as escadas do castelo e a varanda da Câmara Municipal com flores de renda.

A Cãmara Municipal de Torre de Moncorvo preparou ainda um mercado de flores que teve lugar dias 21 e 28 de maio na Praça Francisco Meireles, onde os visitantes podiam encontrar vários tipos de flores naturais, mas também algumas elaboradas com diversos materiais.
Embora as condições meteorológicas não fossem muito favoráveis realizaram-se algumas atividades como modelagem de balões, truques de magia, pinturas faciais, malabarismos, teatro, marionetas humanas, animação musical e dança das flores.


De salientar também as representações teatrais sobre a vida de Constantino, Rei dos Floristas, interpretadas pelo Grupo Alma de Ferro Teatro e a peça “Republica de Mulheres” de Teatro Popular de Carapeços. Inserido no programa esteve também o seminário sobre o cancro da mama, que decorreu na Biblioteca Municipal de Torre de Moncorvo.

Constantino José Marques de Sampaio e Melo ou, melhor, Constantino, o Rei dos Floristas, como é geralmente conhecido nasceu em Torre de Moncorvo em 1802. Foi para Paris em 1834, apresentando-se a Mr. Flamet, um dos industriais mais famosos daquela época. Constantino teceu grandes bouquets de flores, um deles para uma quermesse organizada pela rainha D. Amélia, tendo sido na altura apelidado pela multidão de “Rei dos Floristas”.

Este célebre artista obteve a sua consagração em Paris, na Exposição de 1844. Em Portugal, foi recebido no Paço pela Rainha D. Maria II a quem ofereceu algumas das suas primorosas e belas flores.

Com esta atividade além de se embelezar o belíssimo centro histórico, pretende-se também dar a conhecer o trabalho desenvolvido por Constantino, este grande artista que imitava as flores naturais na perfeição.

Câmara Municipal de Torre de Moncorvo, 6 de Junho de 2016
Luciana Raimundo



Sem comentários:

Enviar um comentário