sexta-feira, 17 de junho de 2016

Torre de Moncorvo- EFEMÉRIDES ( 17/06)

17.06.1342 – O judeu Domingues Annes, residente em Torre de Moncorvo, entra com uma demanda contra a câmara municipal exigindo o pagamento de 22 libras de Portugal, que lhe emprestara, conforme acordo que tinham estipulado.
17.06.1716 – Deliberação da câmara municipal de Moncorvo:
- Por haver este ano muita falta de águas e haver notícia que os moinhos de Felgueiras não moíam e vai havendo grande fome pela falta de moendas e à causa de não moerem os ditos moinhos porque os moradores de Felgueiras aqueles que têm propriedades junto da ribeira tiram a água dela para as tais propriedades e com ela regam quando querem e com isto é um grande dano das moendas e do bem comum, provendo nesta matéria que já em outros anos se fez o mesmo, mandaram que logo se mande o porteiro desta câmara ao dito lugar que apregoe que toda a pessoa que no dito lugar e ribeiro dele tirar água para regar, ou outra alguma cousa, será condenado em 6 000 réis pagos da cadeia e que qualquer pessoa do povo ou oficial de justiça dele possa delatar e acusar esta postura levará a terça parte da dita pena e qualquer oficial de justiça desta câmara prenderá aquelas pessoas que achar compreendidas para nela executar esta postura; e atendendo á comodidade das ditas moendas, assentaram que esta terra e postura se não entenda nos domingos de cada semana, porque nestes dias poderão regar as tais propriedades e em outros dias não, como acima fica dito e esta proibição se entende assim de noite como de dia e bastará para se executar esta pena achar vestígios nas propriedades que bem mostrem entrar para elas água nos dias proibidos.
17.06.1896 – Nascimento do dr. Urgel Júlio Horta na freguesia de Felgar. Foi deputado e presidente do Futebol Clube do Porto.
17.06.1899 – Notícia de Bragança publicada no Primeiro de Janeiro:
- Vão ultimados os trabalhos de construção da nova praça de touros situada a noroeste desta cidade, no planalto da Quinta dos herdeiros do Dr. Garcia de Lima. Tem capacidade para 6 000 espectadores.

António Júlio Andrade

Na fotografia, URGEL HORTA -Um Presidente de palavra.
.Nota: Para abrir a página(ampliar a foto), clique no lado direito do rato ;abrem as instruções, e depois clique em abrir hiperligação

Reedição de posts desde o início do blogue

5 comentários:

  1. Urgel Horta foi presidente do Futebol Clube do Porto nos finais dos anos 50 do seculo passado

    ResponderEliminar
  2. À grande Annes!Querem fiado?TOMA!

    ResponderEliminar
  3. Urgel Abilio Horta nascido aos 17/6/1896 e baptizado aos 22/4/1897, foi um ilustre felgarense e que muito se fez notar por força dos cargos que ocupou na sua vida publica.

    Ao Urgel Abilio Horta foi-lhe dado este nome em homenagem a um tio paterno do mesmo nome, poeta muito em voga na altura com obra publicada, apesar de ter falecido muito jovem, aos 20 anos, em 1886 e sobre quem li em sua memória, uma vez, uns poemas do mais deliracerante que tenho lido, publicados no então jornal Moncorvense.

    Bem como jovem faleceu o seu pai , o mestre de instrução primária, Manuel António Horta, devido á celebre malina de 1905 que até o Felgar ficou de quarentena e muito mais mortifera que a pneumónica de 1918.

    Rex

    ResponderEliminar
  4. Convinha haver mais rigor. Ele nunca foi Abílio. Como se pode escrever assim sem conhecer bases elementares?

    ResponderEliminar
  5. Convinha haver mais rigor. Ele nunca foi Abílio. Como se pode escrever assim sem conhecer bases elementares?

    ResponderEliminar