quarta-feira, 19 de agosto de 2015

O Verão no Museu do Douro - Oficinas de Férias para Crianças e Jovens | 18 - 21 / 25 - 28 Agosto

O programa de Verão no Museu do Douro traz novas oficinas e percursos, em que as várias atividades procuram viver mais os modos de ser e experimentar, os sons, os corpos, os lugares, as paisagens humanas e físicas do território da Região Demarcada do Douro.
Na primeira semana deste programa para ser jovem viajante de paisagens em 8 dias de Verão, começa-se por OUVIR: este é o dia em que vamos experimentar, tocar, com força e devagar, chapinhar, entornar, organizar e registar os sons que acontecem entre a água e nós. No segundo dia, vamos VIAJAR - PASSADIÇOS DO PAIVA, por um lugar que é património geológico da humanidade é importante conhecer como se intervêm nesses lugares hoje. Iremos fazer um a viagem pela biologia, geologia e arqueologia deste lugar. No terceiro dia, MEXER e esticar o corpo percebendo melhor que formas é que ele tem e pode fazer. No quarto dia, a proposta é CONSTRUIR a partir da observação de portões diferentes, bocados de paisagem deste território são pensados e inventados os lugares a que estes portões dão acesso. Este é o dia em que se constroem espaços de interior e exterior que intervêm na arquitetura do Museu.
Na segunda semana, é importante aprender a TOCAR: Quantos sons tem o corpo? Para que serve a voz? Como tocar nos outros e nas coisas? Este dia é usado para explorar corpo e voz como organismo sonoro e como ele serve para comunicar sem usar gestos nem palavras, usando a indução e a musicalidade. O sexto dia é dedicado a SOPRAR: Estamos dentro de uma bola de sabão. Como seria ela se ela fosse maior? Como seria ele se ela fosse mais pequena?
Qual a sua temperatura? Este é o dia em se desenha através de bolas de sabão coloridas e se constrói um móbil corporal com os desenhos. Para recarregar energias, no sétimo dia vamos MEXER novamente pela manhã, onde são trabalhadas as partes do corpo, os movimentos, figuras e gestos que o corpo pode conter, fazer e mostrar. Depois COZINHAR durante a tarde na cozinha do restaurante “A Companhia”, a combinação e experimentação de sabores, a divisão e pesagem dos ingredientes, a sua mistura possibilita que se perceba como se faz e se saboreia de outro modo aquilo que se cozinha. Para concluir a semana, VIAJAR - FOZ DO SABOR: partimos pela manhã em direção a Torre de Moncorvo, para conhecer melhor e aproveitar um dia perto da água na Foz do Sabor, ficando a conhecer o rio, as aves, as árvores e os arbustos deste lugar.
As inscrições para as Oficinas e para os Percursos podem efetuar-se junto da Receção do Museu do Douro, até dois dias úteis antes de cada ação. A realização das atividades implica a inscrição de um número mínimo de seis participantes. Cada evento tem uma lotação máxima de 15 participantes, com idades compreendidas entre os 6 e os 12 anos, e o custo de 5 euros por sessão/dia, à exceção do dia 27 de agosto que é de 7.50 euros por/dia e dos percursos que é de 10 euros por/dia. Para mais informações sobre o programa completo contactar através do telefone 254 320 190 ou através do e-mail: geral@museudodouro.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário