terça-feira, 25 de agosto de 2015

Alfândega da Fé - Projeto RAFIKI - Jovens escuteiros voluntários

Clique na imagem para ver maior
Um grupo de jovens escuteiros do distrito de Leiria escolheu o concelho de Alfândega da Fé para iniciar o projeto RAFIKI, que inclui ações de voluntariado junto da comunidade idosa. A Iniciativa abrangeu as localidades de Gebelim, Soeima, Sambade, Parada e Sendim da Ribeira. Trata-se de aldeias que no concelho apresentam um maior número de idosos a viver sozinhos, pessoas que apontam a solidão como um dos principais problemas que enfrentam.
Foi a pensar nisso que o grupo de jovens se fez à estrada para apoiar estas pessoas durante as férias de verão. Apoio que foi desde a simples companhia até ao auxílio nas tarefas domésticas e no campo, passando pela execução de trabalho comunitário. 
No concelho estão referenciados mais de 200 idosos que vivem sozinhos. Só a localidade de Sambade tem 19 pessoas identificadas, Gebelim e Soeima somam 13 e Parada e Sendim da Ribeira 17. Uma problemática que tem preocupado o município e que já o levou a apoiar e desenvolver projetos direcionados para esta fatia da população. É o caso do projeto de voluntariado desenvolvido em conjunto com a Liga dos Amigos do Centro de Saúde ou do Sorriso Sénior, destinado a combater o isolamento e solidão dos idosos através da disponibilização de sessões de reabilitação psicomotora, apoio domiciliário, serviço de enfermagem, intervenção psicológica e apoio e dinamização de atividades lúdicas. 
A iniciativa deste grupo de escuteiros é entendida como um complemento a estas ações e também como mais uma forma de chamar a atenção para esta problemática. 
Alfândega da Fé foi o primeiro concelho do distrito a receber o projeto RAFIKI, que vai estar na região de bragança até ao final do mês de agosto. Trata-se dum projeto desenvolvido no âmbito Mensageiros da Paz da Organização Mundial do Movimento Escutista, iniciativa que pretende promover a paz na dimensão pessoal, comunitária e na relação entre a humanidade e o meio envolvente. Tem como principal objetivo levar alegria e animação às aldeias mais isoladas do país, combatendo o isolamento social e a solidão.

Sem comentários:

Enviar um comentário