quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Amêndoa coberta no Palácio das Artes do Porto

Dia 29 de Outubro, Sábado, das 10h às 22h, o piso nobre do Palácio das Artes – Fábrica de Talentos recebe, na 18ª edição das Feiras Francas, subordinada ao tema "Douro que me Desafias".
Esta Feira Franca tem por finalidade difundir e mostrar produtos e projectos originais, que promovam as enormes potencialidades turísticas e criativas da Região do Douro, em particular dos mais jovens.
Uma Feira Franca surpreendente, com novos olhares sobre o Douro e todas as suas vertentes. Com espectáculos de Música ao vivo, Teatro, Exibição de Filmes temáticos, Exposições de Fotografia e Literatura e a presença dos diversos Sectores Criativos:

Doçaria:
Amêndoa coberta de Torre de Moncorvo representada ao vivo por Arte Sabor & Douro

Mais informação no primeiro comentário

Reedição de posts desde o início do blogue

3 comentários:

  1. Edição
    Livro do Douro “Phala a Alma”
    Museu do Douro e Museu do Côa

    Design de Produto
    A voar por cima
    Lucente Jóias
    Lusa Saudade
    No Feminino Com
    Seda – Freixo de Espada à Cinta

    Artesanato Urbano
    Ana Caramelo
    Babusqa
    Confiarte
    Geometria no Douro
    Gili

    Produtos Gourmet
    1000 Paladares
    Eira do Camponês
    Ervas Finas
    Mil Sabores
    Platu - Miguel Félix
    Queijo Terrincho DOP da
    Quinta da Veiguinha

    Produtos da Terra
    AJAP- Associação de Jovens Agricultores de Portugal

    Vinicultura
    Calém
    Folias de Baco
    Quinta da Pacheca
    Quinta de Santa Eufémia
    Sabores da Herdade

    + DOP / DOC - Rui Paula


    PROGRAMAÇÃO

    Câmara Municipal de Lamego
    11h30 +13h+14h+16h Escola de Concertinas de Lamego
    - Leitura para crianças, Professor Fernando B. Marado
    - Demonstração em Barro Vermelho, “Olaria em Artes”
    Grupo Risos e Sorrisos
    15h “Os Vinicultures da região do Douro”
    17h “A Ferreirinha”
    18h “Poesia dita em Mirandês”

    ResponderEliminar
  2. A amêndoa coberta e a figueira na igreja são os símbolos mais falados e reconhecidos pelos turistas. Amêndoa coberta devia ser mais protegida ,fomentada ,divulgada e estar presente em todos acontecimentos que integrem Moncorvo.Tantos escritores,tantos historiadores,tantos investigadore e não conheço nenhum livro com a história da amêndoa.Agora que andam quase cem arqueólogos ,antropólogos e historiadores a estudar e a investigar o nosso passado (pagos pela EDP)talvez algum se lembre da amêndoa.Se assim for bem-haja.
    Leitor

    ResponderEliminar
  3. III Festival de Gastronomia do Douro
    Até 11 de Dezembro, cerca de quarenta restaurantes e adegas típicas participam no III Festival de Gastronomia do Douro, iniciativa onde cada restaurante propõe um “Menu D´Ouro”: uma sugestão da casa para dar a conhecer as tradições culinárias mais genuínas, ou com um toque mais contemporâneo, com preços abaixo dos valores da carta e a oferta de iguarias.

    Palestras, demostrações de cozinha, jantares especiais, de caça, entre outras experiências gastronómicas fazem ainda parte do programa, que se alarga aos 19 municípios abrangidos pela zona de intervenção da Turismo do Douro.

    Para dar a conhecer a gama de opções da região, o evento agrupa-se segundo as características gastronómicas mais típicas: assim, até 1 de Novembro, com “Sabores e Aromas do Douro”, em Lamego, Vila Real Tarouca, Peso da Régua, Armamar, Tabuaço e Mesão Frio.

    O festival continua “Pelas Terras da Castanha”, em Moimenta da Beira, Penedono, Sernancelhe e S. João da Pesqueira, de 10 a 13 de Novembro.

    Os “Sabores do Douro Superior” de 30 de Novembro a 4 de Dezembro, em Carrazeda de Ansiães, Torre de Moncorvo, Freixo de Espada à Cinta e Vila Nova de Foz Côa.

    E, finalmente, de 7 a 11 de Dezembro, os “Paladares nas Terras de Torga”, em Vila Real, Santa Marta de Penaguião, Sabrosa, Alijó e Murça
    opção turismo

    ResponderEliminar