terça-feira, 4 de outubro de 2016

ALTO DOURO -O mapa do Barão Forrester


Joseph James Forrester (Kingston upon Hull, Inglaterra, 27 de Maio de 1809 — Cachão da Valeira, São João da Pesqueira, 12 de Maio de 1861) foi um empresário inglês radicado em Portugal. James Forrester foi o primeiro barão de Forrester, título que lhe foi concedido por D. Fernando II, em 1855, na condição de regente durante a menoridade de D. Pedro V.
Em 1831 Joseph juntou-se à empresa vinícola de um tio seu no Porto, e iniciou uma reforma no comércio de vinhos. Na sua obra de 1844, Uma palavra ou duas sobre o vinho do Porto, declarou guerra aos que adulteravam o vinho. Também estudou o oídio da vinha causado pelo Oidium tuckeri, desenhou notáveis mapas do vale do Douro (Mapa do Rio Douro). Por este trabalho, foi-lhe concedido o título de Barão, por D. Fernando II, em 1855, regente durante a menoridade de D. Pedro V.1
Pintou várias aguarelas, e foi autor de O Douro Português e País Adjacente (1848) e de Prize Essay on Portugal and its Capabilities (1859), pela qual recebeu uma medalha de ouro.

Em 1861, o barco de Forrester virou-se no Cachão da Valeira, sendo arrastado para o fundo por causa do cinto com dinheiro que levava consigo, nunca tendo sido encontrado o seu corpo. Nessa derradeira viagem, fez-se acompanhar por D. Antónia Adelaide Ferreira, mais conhecida como "Ferreirinha", que segundo reza a história, não se afogou porque as saias de balão que então vestia, a fizeram flutuar até à margem do Rio Douro. Hoje em dia, depois de construídas algumas barragens, o Cachão da Valeira já não constitui o perigo de outrora para os navegadores do Douro. Pode contemplar-se a beleza do Cachão a partir de um monte próximo conhecido como "São Salvador do Mundo".
Texto:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Joseph_James_Forrester

Reedição de posts desde o início do blogue.

2 comentários:

  1. Este mapa está na versão original do livro DOURO ILUSTRADO de Júlio Máximo de Oliveira Pimentel Visconde de Vila Maior,editado em 1876.

    ResponderEliminar
  2. Visite o Museu do Douro onde existe um mapa em grande tamanho,passe pela livraria e coisas do Douro e fuja do restaurante.Não se esqueça de comprar rebuçados da Régua e com a boca doce dê uma olhadela à decadente casa do Douro.
    N.M.

    ResponderEliminar