quinta-feira, 25 de agosto de 2016

NORDESTE TRANSMONTANO - EFEMÉRIDES (25/08)

25.08.1757 – A canonização de S. Gabriel Ferreri e S. Helena de Pádua é festejada no convento de S. Francisco de Torre de Moncorvo com a participação da Academia dos Unidos. 
25.08.1874 – Ofício do administrador de Moncorvo para o governador civil de Bragança dizendo: - Na freguesia de Felgueiras há um sujeito afecto ao partido miguelista, de nome Carlos José Botelho, mas acha-se impossibilitado e entrevado, sem que tenha outras comunicações mais do que com os seus familiares e facultativos. É além disso cavalheiro em subido grau e incapaz de concorrer para que a ordem pública seja alterada…

Alfândega
25.08.1895 – Nota do jornal O Moncorvense: - Consta que os progressistas vão realizar um comício em Alfândega da Fé contra a supressão feita ultimamente do concelho. Apesar de se saber, não houve até à supressão efectiva do concelho de Alfândega um único protesto dos seus habitantes contra a supressão. Mas tem havido queixas depois da supressão, por causa de algumas freguesias serem anexadas antes a um que a outro dos concelhos limítrofes…
25.08.1904 – Um violento incêndio destruiu 54 palheiros na aldeia de Felgueiras, “cheios de forragens para os gados empregados na agricultura, calculando-se o prejuízo em mais de 6 contos de réis, o que faz colocar os proprietários dos mesmos nas mais críticas circunstâncias, ficando a maior parte na miséria, pois sendo quase todos pequenos lavradores não têm recursos para comprar novas forragens que estão por preços elevadíssimos em virtude da grande escassez que há das mesmas forragens (…) vendo-se por isso os lavradores na dura necessidade de se desfazerem dos animais empregados na lavoura, o que é uma nova calamidade porque lhe trará novos anos de fome, com todas as suas consequências…”

António Júlio Andrade
Nota do editor: fotografia enviada por João Luís Gomes Braga

3 comentários:

  1. Carlos Botelho era da familia do escritor Francisco Botelho de M.Vasconcelos?

    ResponderEliminar
  2. Certamente porque tanto um como o outro foram proprietários do casal de Felgueiras com capela de brasão cujas armas são: Botelhos e Vasconcelos. Porém, eu não tenho a árvore genealógica mostrando a ligação. Nem tenho disponibilidade para a fazer. J. Andrade

    ResponderEliminar
  3. Olá, Amigo:

    E já faz muito, com tanta investigação e com tanto que nos dá a conhecer !

    Obrigada
    Júlia

    ResponderEliminar