segunda-feira, 29 de agosto de 2016

NORDESTE TRNSMONTANO - EFEMÉRIDES (29/08)

29.08.1513 – Carta de perdão concedida pelo rei D. Manuel a Lourenço Álvares, de Freixo de Espada à Cinta, que havia sido condenado pelo fabrico de moeda falsa (tostão). Tudo indica que este Lourenço Álvares fosse um célebre “judeu” e rabi a quem os marranos de Trás-os-Montes “seguiam como a Rei”. Aparentemente seria também um grande conhecedor da Cabala, porventura o último cabalista português. Há dois trabalhos publicados sobre o assunto.
Romeu / Mirandela

29.08.1663 – Decreto do Conselho de Guerra ordenando ao general Diogo de Brito que solte os oficiais cordoeiros da fábrica de Moncorvo que tinha mandado prender e queria alistar no exército “por ser mais necessário o seu serviço no labor do fio da enxárcia para a armada”.
 29.08.1833 – Decreto de reabilitação do ministro trasmontano Vintista, Manuel Gonçalves de Miranda que fora demitido e desonrado por decreto de 26.06.1823.
29.08.1850 – Relatório sobre a instrução em Trás-os-Montes dizendo nomeadamente: - A Aula de Lógica de Bragança encontra-se fechada há 3 anos porque o sr. Poças Falcão é deputado e governador civil.
29.08.1866 – Nascimento de Alfredo de Sousa Meneres, que foi grande capitalista no Romeu / Mirandela e presidente da Associação Industrial Portuense.
António Júlio Andrade

4 comentários:

  1. "tinha mandado prender e queria alistar no exército"
    Sempre fomos voluntários à força.Hoje,só vai para a tropa quem quer ou pode.Ganha-se bem e já não há colónias a defender.

    ResponderEliminar
  2. Miranda, Romeu,Bragança, por aqui passam todos os sítios de Trás os Montes.O dr.Andrade, diseram-me, foi director do jornal de Mirandela e é o responsável pelas efemérides.Se é como digo, deve ter muita informação da região.É pena se as pessoas fora de Moncorvo não visitem este blog.Ficam a perder muita informação sobre as suas terras.Parabéns ao autor e a toda equipa.Coloquem tudo no facebook.Está na moda.Criem um mural de Trás os montes com todas as efemérides.
    Alberto M.T.

    ResponderEliminar
  3. Temos muito que agradecer ao António Júlio Andrade. A investigação é um trabalho árduo e que exige muito esforço e concentração.
    Pela minha parte, já o disse e repito, tenho aprendido muito não só sobre Moncorvo, mas também sobre Trás-os-Montes.

    Obrigada, Amigo
    Júlia

    ResponderEliminar



  4. enxárcia

    s. f.

    enxárcia

    1. [Marinha] Conjunto de todos os cabos de um navio que seguram os mastros e mastaréus.

    enxárcia real: os cabos fixos que a um e outro lado aguentam os mastros reais.

    ResponderEliminar