quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Nordeste Transmontano - Efemérides (27 e 28/01)

Ansiães
27.01.1928 – Atribuída a classificação de monumento nacional ao pelourinho e à igreja de Ansiães.
28.01.1712 – Acta da reunião da câmara de Moncorvo: Por terem notícia eu nesta vila havia muita gente de fora que a ela vem morar e assistir, sem terem cousa alguma de seu e assim pelas qu ixas que há dos furtos que fazem como presunção de que as tais pessoas são de mau viver e além disso pela lei são obrigadas a tirar carta de vizinhança  e sem ela não podem assentar; acordaram que sejam todas notificadas que, em termo de 3 dias despejem da terra, sob pena de 4 mil réis e 30 dias de cadeia.
Nesta data a câmara de Moncorvo mandou prender o juiz e homens do regimento da aldeia do Larinho acusando os moradores da aldeia de se apropriarem de terrenos pertencentes ao concelho, pois constavam do tombo dos bens do mesmo, nomeadamente o Pinhal e o Monte da Franga…. Presentes em reunião de câmara, presos sob custódia, o juiz e homens do regimento prometeram em nome do povo acatar as ordens da câmara… O caso não ficou encerrado pois mais tarde recorreram para o rei argumentando que eram terras regalengas…  e a questão só foi definitivamente resolvida mais de um século depois.
28.01.1713 – A câmara municipal de Moncorvo delibera “expulsar desta vila todos os carmijuteiros, no prazo de 3 dias, sob pena de 4 mil réis de multa e 30 dias de cadeia”.
28.01.1898 – Nota da Caderneta de Lembranças: - tumou poçe da câmara a comisção penicheira mas pouco tempo durou que logo se estrampalhou.
António Júlio Andrade

1 comentário: