terça-feira, 2 de junho de 2015

Adriano Vasco Rodrigues - Homenagem


                          Convenção Nacional do Património Histórico-cultural Ponte de Lima
                                      Teatro Diogo Bernardes, 20 de maio  de 2015

Ponte de Lima é o Município que detém, atualmente, a Presidência da Associação Portuguesa dos Municípios com Centro Histórico. Nesta qualidade, acolheu a I Convenção Nacional do Património Histórico-Cultural, no dia 20 de maio, às 14h 30, no Teatro Diogo Bernardes.
Contribuir para a criação de um momento institucional para a distinção de personalidades com ação nacional e internacional relevante nesta área, bem como para uma oportunidade de reflexão mais abrangente sobre o significado holístico da salvaguarda do património na multiplicidade da sua vertente cultural, constituíram os objetivos desta Convenção, organizada, em parceria, pela Associação Portuguesa de Municípios com Centro Histórico (APMCH) e Município de Ponte de Lima.
Neste contexto, o programa de trabalhos contou com as intervenções do professor e investigador Adriano Vasco Rodrigues, com um notável percurso em prol da Cultura, e do arquitecto e investigador João Campos, coordenador do Centro de Estudos de Arquitectura Militar de Almeida (CEAMA) e consultor do ICOMOS para o património de origem portuguesa. Os dois conferencistas  transmitiram importantes reflexões sobre o património histórico e a sua salvaguarda, defendendo uma prática consciente e valorativa de comunidades e territórios, na linha das mais atuais posições internacionais neste sentido.
Na mesma oportunidade, foi apresentada a obra "Centro Históricos Portugueses" da autoria de José Miguel Noras. 
O momento foi marcado pela intervenção pública de Sua Excelência o Senhor Secretário de Estado da Cultura, Dr. Jorge Barreto Xavier, e pela entrega da Medalha de Mérito Cultural ao insigne professor. A homenagem consagra a carreira de Adriano Vasco Rodrigues, diretor jubilado da Schola Europea, historiador, arqueólogo, especialista em arte africana, deputado, grande divulgador e investigador da cultura e da história portuguesas no mundo.
Entre o público, contou-se a presença de um grande número de autarcas, de responsáveis por associações de defesa do património, de personalidades envolvidas a nível internacional com este importante aspeto, do diretor da DRCN, Dr. António da Ponte, de representantes de universidades e de outros organismos culturais.

Sem comentários:

Enviar um comentário