quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

TORRE DE MONCORVO - ESCAPARATE (XXIII)

Click na imagem para aumentar
Paginação elaborada por Luís Teixeira.
Reedição de posts desde o inicio do blogue

4 comentários:

  1. Como dizia o editor da Âncora (creio que foi ele) , Trás-os-Montes é "um alfobre de escritores". E que alegria isso nos dá !
    Ao autor, Virgilio Tavares, os meus parabéns.

    Júlia Ribeiro

    ResponderEliminar
  2. Senhora!O homem da Âncora referia-se a Moncorvo.
    Há mais produção cultural em Moncorvo do que em qualquer vila ou cidade de Trás os Montes.
    Felgueiras nos anos 70 tinha +- 400 habitantes e +-100 licenciados.Diga lá outra aldeia com este ranking?Bá!Ainda um dia faço uma lista (incompleta)para se ir acrecentando até não faltar nada.Bai ber!
    Leitor

    ResponderEliminar
  3. Sr. Anónimo !! Queira desculpar-me pelo lapso cometido. Mas olhe que se fosse assim também nas outras vilas e cidades de Trás-os-Montes - sem deixar de fora as aldeias - então que enoooorme alfobre seria !

    Um abraço
    Júlia

    ResponderEliminar
  4. Adorei estes comentários, souberam-me mesmo bem! falar de coisas boas, a cultura a grassar nas nossas terras, e dito deste modo: com tanta sugestividade, enooooorme!; este tratamento, tão carinhosamente distinto, na minha terra havia alguém de quem eu gostava, que sempre que falava da esposa, 10 anos mais nova, muito bonita, dizia, a minha senhora; isto faz-me pensar em tempos de mestria e de grandes elogios à mulher.
    Depois, dito assim como se diz em Felgueiras, terra de nacos e de tacos, Bai ber; tudo isto é trás-os- Montes!
    A. A.

    ResponderEliminar