sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Teresa Martins Marques lança obra sobre David Mourão-Ferreira




SINOPSE

Clave de Sol- Chave de Sombra. Memória e Inquietude em David Mourão-Ferreira
De Teresa Martins Marques, Âncora Editora, 2016

O presente livro resulta da tese de doutoramento da autora, apresentada na Universidade de Lisboa, agora muito ampliada e refundida, tendo como alvo um público não apenas  académico. Estudo integrador dos diversos géneros que configuram a Obra de David Mourão-Ferreira, apresenta novas linhas de leitura, que ultrapassam o rótulo de poeta do amor e da mulher,  dando relevo às polarizações da memória e da inquietude, manifestadas sob a forma de melancolia, indecisão, deriva, angústia, medo, suspeita, ciúme, traição, culpa, remorso, ameaça, vingança, suicídio, agressão sexual e até mesmo assassínio. O trabalho resulta do contacto directo, em primeira mão, com o Espólio de DMF. Tomam-se como base de trabalho não apenas materiais literários éditos e inéditos, mas também alguns não-literários que permitem esclarecer os primeiros. A tipologia do corpus documental é diversificada: esboços, esquemas prévios, notas de leitura, entrevistas e marginalia. É citada alguma correspondência, anotações de índole literária do Diário Íntimo da juventude. O vaivém inter-géneros e inter-obras é o processo fundamental que dá conta da coerência e do trânsito entre temas e motivos, que de  obra em obra vão passando e vão ficando constituindo-se tradição, documento e monumento: “E lembro tudo o que era simples / antes do nada inevitável / Mas que do nada ao menos fique / um monumento de palavras”.





Sem comentários:

Enviar um comentário