sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

TORRE DE MONCORVO - EFEMÉRIDES (11/02)

11.02.1900 – Realizaram-se umas eleições de deputados, acaso das mais disputadas de sempre no círculo de Moncorvo com o lazarão António José Lopes Navarro a vencer o penicheiro Júlio César da Fonseca Araújo.
11.02.1909 – Despacho do Ministério do Reino sobre a Escola Seixas que deveria ter um só professor e as disciplinas de francês, escrituração comercial, aritmética e geografia económica elementar. Dos 630$000 réis de rendimento anual, seriam aplicados 180$000 para o ordenado do professor, 30$000 para o expediente escolar e 120$000 para roupas e calçado dos alunos.
Urros (1947)
11.02.1913 – Ofício do administrador do concelho para o juiz da comarca em que consta o seguinte: - “ … Um indivíduo de nacionalidade espanhola e que dá pelo nome de Benigno Sanches Martins fora preso na taberna de Manuel Melindro situada na Quinta da Silveira pelo facto de lhe haverem sido encontrados dois objectos de arame, em forma de zaguas. Tendo-me sido presente sob prisão o referido espanhol e entregues aqueles objectos que junto remeto a Vª Exª e tendo já tido conhecimento de que vários roubos de objectos de ouro, cálices, cruzes, etc. efectuados em Janeiro findo nas igrejas de Açoreira, Maçores, Junqueira, Horta da Vilariça e outros sem que aparecessem quaisquer vestígios de arrombamento, desde logo me convenci ser aquele o autor de tais façanhas (…) visto em Maçores no próprio dia em que os roubos ali foram efectuados (…) dormiu em casa daquele e comeu em casa deste. À mulher do referido Gingeiro ofereceu-se o referido espanhol para ensinar o homem a fazer moeda falsa. Finalmente compareceu nesta Administração do concelho, acidentalmente, António Baptista Moreira, viúvo, proprietário do Larinho e apenas reparou no mencionado espanhol reconheceu-o imediatamente declarando em seguida que ele é de Mieixa, partido de Vitigodinho e ter respondido nesta comarca em 1891, por um roubo que praticou na igreja do Larinho pelo qual fora condenado em 6 anos de África, havendo já respondido também por roubo de uns perus que cometera em Urros…
11.02.1942 – Recebida na câmara a seguinte correspondência: - Tendo Vª Exª recebido do sr. Comandante do Núcleo da Legião Portuguesa a quantia de 100$00 para pagamento das despesas efectuadas por motivo do motim que houve em Carviçais, rogo a Vª Exª o obséquio de me enviar nota discriminativa dessa despesa”
António Júlio Andrade

1 comentário:

  1. 180$000 (MIL REIS) eram 180$00 (ESCUDOS)=90 centimos actuais.

    ResponderEliminar