segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

G. D. Moncorvo!...Agora Chuto Aqui!...


Uma organização desportiva de referência!...

Falar de desporto no distrito de Bragança e, particularmente, de futebol, implica, inequívoca e necessariamente, incluir o Grupo Desportivo de Torre de Moncorvo.
Fundada há quarenta e seis anos, a coletividade desportiva mais importante do concelho de Torre de Moncorvo, afirma-se não só como uma organização com identidade própria, mas também como uma referência positiva no panorama desportivo, sobretudo ao nível da região nordestina.
O seu historial, o seu património material, humano e imaterial, falam por si. São a sua sustentabilidade e o reflexo da interação positiva com a comunidade que o clube dignamente representa.
Os treze títulos oficiais já conquistados, sete Campeonatos Distritais e seis Taças da A.F. Bragança, bem como dezassete participações no Campeonato Nacional da III Divisão, são factos reveladores de que em Moncorvo de trabalha com assertividade no que ao futebol diz respeito, independentemente das adversidades de se tratar de um clube do interior e da agravante de ter integrado a Série B da III Divisão Nacional, quando participava nas provas nacionais em seniores.

Na verdade, poderia, teoricamente, parecer que não faria diferença e que não seria um pormenor importante, mas, na realidade, era. È que, para além das inúmeras deslocações à zona litoral e de não jogar com nenhuma outra equipa do distrito, o G.D. Moncorvo tinha como principais adversários clube filiados na poderosa A.F. Porto, posição essa que não lhe conferia grande conforto competitivo em relação aos opositores.
Sendo uma das quatro coletividades do distrito de Bragança com um currículo mais importante, conhecendo, os seus responsáveis, a realidade social, económica e desportiva da zona geográfica onde se inserem, têm sabido realizar uma gestão sustentada nos recursos de que dispõem, o que lhes permite, não só ocuparem uma posição de vanguarda no panorama desportivo regional, como também optarem por uma planeamento transversalmente sustentável, procurando implementar uma politica de formação adequada às circunstâncias e valorizar os talentos formados no clube.
A segunda posição alcançada, esta temporada, no Campeonato Distrital da Divisão de Honra e a conquista da Taça da A.F. Bragança, são indicadores da visão de gestores de recursos, com provas dadas ao longo de mais duas décadas, que procuram gerir e atuar em função das suas capacidades, sem nunca colocarem em causa o futuro da agremiação.
Conscientes das suas responsabilidades, a dupla, José Aires, como presidente, e Sílvio Carvalho, com treinador e principal responsável pela dinâmica formativa e competitiva, são um exemplo de gestão e longevidade difícil de encontrar, mesmo ao nível nacional.
Não admira, por isso, que o G.D. Moncorvo tenha um complexo desportivo próprio e mais valias a outros níveis que quase mais nenhum outro clube tem no Nordeste Transmontano, mesmo aqueles que, competitivamente, ocupam um estatuto mais elevado.
O G.D. Moncorvo é, com efeito, uma organização desportiva de referência, que prefere optar pela sustentabilidade, do que hipotecar-se pela competitividade, já que nem sempre, esta, traduz o apoio abrangente que deveria ser prestado pela respetiva comunidade, ou a uma pouco saudável dependência institucionalizada.
Nuno Pires - 16/01/14

11 comentários:

  1. O prof. Nuno Pires, Brigantini sabe porque o diz. O brigado - Uma Moncorvense

    ResponderEliminar
  2. Os de fora parabenizam o GDM, o prof nuno sabe do que fala, pois faz artigos sobre o futebol distrital, vai para 20 anos.

    ResponderEliminar
  3. VIVA O GLORIOSO, pela taca e titulo de juniores

    ResponderEliminar
  4. Terminou ontem a maior actividade desportiva do concelho de Moncorvo : O gdm participou nos escalões de Benjamins, infantis, iniciados, Juvenis, Juniores e seniores. Os 2 primeiros apuram-se para a fase de campeões. Entre 20 equipas ficaram os benjamins em 6º eos infantis em 3º lugar. Os iniciados ficaram em 4º lugar e na taça foram ás meias finais. Os juvenis ficaram em 5º lugar eos juniores foram CAMPEÕES. Os seniores ficaram em 2º lugar e venceram a taça da a.F. de Bragança. Portanto nesta época mais 2 titulos para a instituição. Os traquinas eos escolinhas, não têm competição oficial , mas estes jovens treinam 2 vezes por semana e participam em torneios organizados pelos diferentes clubes. VIVA O GDM

    ResponderEliminar
  5. Sábado em iniciados G.D. de Moncorvo - Vimioso e domingo seniores G.D. de Moncorvo- Freixo, ambos ás 15Horas. Comparece apoia o GDM

    ResponderEliminar
  6. DDM sempre. Força velha raposa

    ResponderEliminar
  7. Estamos bem encaminhdos para o titulo, mas se o conseguirmos é para assumir a subida. Temos de deixar de jogar com as aldeias. Força GDM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aldeias? não é bem assim. Miranda é cidade. Vimioso, Argozelo, Vinhais e Freixo são vilas como Moncorvo. Nenhumas destas terras tem tantos escalões de formação como o GDM.

      Eliminar
  8. Os de fora dizem bem, alguns da terra dizem mal. GDM SE´MPRE

    ResponderEliminar
  9. ùltimo resultado GDM 5 Freixo 0. Alé GDM

    ResponderEliminar