quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Bragança-Miranda lança passaporte do peregrino

 Iniciativa está inserida no Dia Mundial do Turismo que a diocese celebra na cidade de Mirandela.

A Pastoral do Turismo de Bragança-Miranda vai lançar esta terça-feira, em Mirandela, o passaporte do peregrino. Um instrumento onde o peregrino, ao visitar determinado templo ou monumento, vai poder registar a sua passagem e assim ficar com um registo da sua peregrinação pelo “valioso” património religioso da diocese.
“Notamos que cada vez mais cresce o número de pessoas que visita as diversas igrejas e santuários e queremos que fiquem com uma recordação da sua passagem por aqui”, afirma Alexandrina Fernandes.

A directora do serviço diocesano da Pastoral do Turismo acrescenta que “alguns dos visitantes até podem vir por desporto ou para fruírem do património e da natureza, mas há sempre um carácter religioso a valorizar”.

O passaporte pode também funcionar como um mecanismo de incentivo e atracção de turistas ao Nordeste Transmontano.

“A melhor forma de preservar qualquer tipo de património é usá-lo. O que não é usado acaba por não ter qualquer tipo de finalidade. E para o podermos usar temos que o divulgar”, realça Alexandrina Fernandes que vê no turismo religioso “uma nova forma de evangelização”.

“É um meio para chegar às periferias. Chegar a pessoas um pouco mais afastadas da Igreja pelos mais variados motivos, pelo constrangimento pessoal e pela evolução da sociedade”, conclui.

Chegar a toda a gente

A iniciativa integra a celebração do Dia Mundial do Turismo que este ano procura ‘promover a acessibilidade universal’.

O programa tem início na biblioteca da Escola Superior de Comunicação e Turismo de Mirandela (ESCTM), do Instituto Politécnico de Bragança (IPB), às 15h00, a que se segue “um lanche para os idosos”.


Depois, a Pastoral do Turismo da diocese transmontana vai fazer uma “visita acompanhada” a duas igrejas na Unidade Pastoral Senhora do Amparo com jovens do Centro Juvenil Salesiano, pessoas com deficiência da APPACDM e idosos da Santa Casa da Misericórdia.

“Queremos chegar a toda a gente, a pessoas com mobilidade reduzida ou alguma deficiência e proporcionar-lhes um dia diferente e, ao mesmo tempo, mostrar que todas as pessoas podem conhecer o património religioso existente na região”, explica Alexandrina Fernandes.


As visitas aos edifícios religiosos contam com a presença de técnicos de turismo do Município de Mirandela e com a participação de estudantes do Instituto Politécnico de Bragança, inserindo-se esta a actividade no âmbito das praxes académicas.

Fonte: http://rr.sapo.pt/noticia/64609/braganca_miranda_lanca_passaporte_do_peregrino

Sem comentários:

Enviar um comentário