sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Vila Real - O Teatro e a comunidade


Numa primeira linha programática, são apresentados no Teatro Municipal espectáculos das várias artes performativas, protagonizados por artistas consagrados, de qualidade segura e carreira reconhecida, integrando a cidade nos roteiros dos grandes centros culturais portugueses e inserindo-a de algum modo num contexto cultural europeu e internacional.
Numa outra linha de programação, são agendados espectáculos que reúnem em palco estruturas ou agentes profissionais e elementos do sector associativo vila-realense ou mesmo pessoas sem prática artística. É a continuação dum projecto iniciado em Fevereiro deste ano e que visa proporcionar aprendizagens e experiências novas à comunidade regional.
Ainda nesta vertente de novas aprendizagens, a programação inclui vários workshops ou oficinas, com vista, por um lado, a fornecer mais ferramentas ao sector criativo local e, por outro, a aumentar o conhecimento e a capacidade crítica do público.
A terceira linha de programação refere-se à apresentação de espectáculos de agentes locais, constituindo-se de certa forma como uma montra da produção artística da região.
Pretende-se com estas três componentes programáticas provocar encontros e cruzamentos, de artistas e de público, que possam ser enriquecedores do tecido criativo e crítico local, contribuindo para uma cidade dinâmica e participativa, atenta e exigente do ponto de vista cultural e cívico.

Merece particular referência neste período a 12.ª edição do Festival Douro Jazz, que abre com a iniciativa ‘Jazz Aos Montes’, um workshop de jazz e improvisação orientado por Filipe Melo, Pedro Moreira e Gonçalo Marques e destinado aos músicos da região, culminando num concerto colectivo. O encerramento do festival está a cargo do britânico Alexander Stewart, um dos mais talentosos vocalistas da nova geração do jazz internacional. Pelo meio é evocada a história do jazz com uma noite de swing e Lindy Hop e são apresentados alguns dos melhores músicos em actividade na cena jazz portuguesa.

Fonte: http://local.pt/portugal/setembro-a-dezembro-de-2015-o-teatro-e-a-comunidade/

Sem comentários:

Enviar um comentário