quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Produtores reclamam regadio a partir da albufeira do Baixo Sabor

Associações de agricultores querem aproveitamento hidroagrícola a partir do rio onde foram construídas duas barragens
A Associação de Agricultores de Trás-os-Montes (AATM) e a Confagri defendem a criação de um sistema de regadio a partir do Plano de Ordenamento das Albufeiras do Baixo Sabor (POABS).
João Barros, desta associação que representa 5 mil agricultores, não tem dúvidas que esta é a única forma de potenciar a produção na região e de atrair novos investidores para o território.
“Estamos a lutar para que o Aproveitamento Hidroeléctrico do Baixo Sabor seja também hidroagrícola, para que podermos produzir mais e termos várias culturas com altas produções, só assim os mais jovens podem investir”, salienta.
As culturas de amendoal e de olival seriam as mais beneficiadas, nos vários concelhos abrangidas pela Albufeira do Baixo Sabor, nomeadamente de Bragança, Macedo de Cavaleiros, Alfandega da Fé, Mogadouro, Vila Flor e Torre de Moncorvo.
De acordo com a Confagri, “é na região de Trás-os-Montes que se verifica um dos maiores aumentos da temperatura média do ar, em relação ao período de 1971 a 2000, com reflexos negativos no desenvolvimento de muitas culturas, e condicionando fortemente a competitividade da agricultura de uma vasta região”. Razão pela qual, as duas associações “solicitaram ao Governo a integração da possibilidade de aproveitamentos hidroagrícolas no POABS”.

Fonte: http://www.jornalnordeste.com/noticia.asp?idEdicao=707&id=21406&idSeccao=6563&Action=noticia#.VgKHsdJViko

Sem comentários:

Enviar um comentário