sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Monumentos são palco para concertos no Douro e Trás-os-Montes

Claustros de antigos conventos, igrejas, um solar e um castelo são palcos escolhidos para o festival “Oito mãos” que, entre Setembro e Outubro, vai unir monumentos de Trás-os-Montes e Alto Douro à música clássica.
A terceira edição do festival “Oito Mãos, monumentos com música dentro” vai proporcionar oito concertos que, segundo anunciou a organização, querem “pôr em destaque a riqueza monumental da região e a diversidade musical dos quartetos”.
O evento é promovido pela empresa De Mi Para Si - Promoção de Eventos e conta com o apoio dos municípios envolvidos.
No sábado, os claustros do Convento dos Franciscanos de Varatojo, onde actualmente está instalada a Câmara de Mesão Frio, distrito de Vila Real, acolhem o concerto do quarteto de saxofones “Elle Quartet”.
O “Oito mãos” arrancou a 13 de Setembro na Igreja Matriz de Barcos, Tabuaço, e encerra a 31 de Outubro no castelo de Vila Pouca de Aguiar.
Pelo meio vai passar pelos claustros do Convento dos Franciscanos de Varatojo (Mesão Frio), pelo Solar dos Freixos (Penedono), igreja do Convento de São Filipe de Néry (Freixo de Espada à Cinta), pelo Teatro Ribeiro Conceição (Lamego), largo da Capela da Nossa Senhora dos R
emédios (Torre de Moncorvo) e igreja de São Pedro (Vila Real).
Aos palcos improvisados nos monumentos sobem sete formações em quarteto como “Lulavai”, quarteto de harpas, “Tutti Flauti”, quarteto de flautas transversais, “Claustros Ensemble”, quarteto de sopros e percussão, “Portocello”, quarteto de violoncelos, “Artur Caldeira/Quarteto de Guitarras de Braga”, quarteto de guitarras clássicas, “Arte Mínima”, quarteto de flautas de Bisel, e “Elle Quartet”, um quarteto de saxofones.
O objectivo do evento é unir “o melhor de dois patrimónios: o imaterial e o material”. A organização apresenta este festival como uma “nova oferta cultural” e “um percurso turístico” para Trás-os-Montes e Alto Douro.
O “Oito Mãos, monumentos com música dentro” recebeu este ano o Certificado EFFE Label 2015/2016, da plataforma EFFE - Europe for Festivals, Festivals for Europe, que o reconhece como “um evento de excepção” figurando nas listas e guias dos melhores festivais de apoio à Cultura Europeia.

Fonte: http://www.publico.pt/local/noticia/monumentos-sao-palco-para-concertos-no-douro-e-trasosmontes-1708136

Sem comentários:

Enviar um comentário