segunda-feira, 20 de julho de 2015

Torre de Moncorvo - Comemoração do Centenário de Armando Martins Janeira

Clique na imagem para ver maior
A Câmara Municipal de Torre de Moncorvo assinala no dia 25 de Julho o centenário de Armando Martins Janeira, escritor e diplomata natural da aldeia de Felgueiras, concelho de Torre de Moncorvo. 
Do programa faz parte a deposição de flores no busto de Armando Martins Janeira, pelas 22h30 no Largo da Corredoura, seguida do descerramento de uma placa em Felgueiras. Durante a tarde será inaugurada a exposição “Portugal e o Japão: Armando Martins Janeira e Wenceslau de Moraes, duas personalidades humanas diferentes”, que contará com uma teatralização do Grupo Alma de Ferro Teatro. Às 16h30 tem lugar a mesa redonda “ Armando Martins Janeira. Vida e Obra”, que contará com a participação do Presidente da Câmara Municipal de Torre de Moncorvo, Nuno Gonçalves, da Embaixatriz Ingrid Bloser Martins, do Embaixador da Argentina, Jorge Arguello, de Beatriz Martins, de Ramiro Salgado e de António Júlio Andrade.
Segue-se uma visita ao espólio de Armando Martins Janeira que está à guarda do Centro de Memória de Torre de Moncorvo.
Às 21h00, tem lugar um espetáculo de Carlos Guilherme e a Orquestra do Norte, na Igreja Matriz de Torre de Moncorvo.
Armando Martins Janeira, é um ilustre moncorvense que se distinguiu no Japão como diplomata de 1952 e 1955 e de 1964 a 1971. Na parte literária destaque para os estudos comparativos sobre o Oriente e o Ocidente, que são os marcos maiores da sua obra.
Publica a sua primeira obra em 1947, “Três Poetas Europeus”, e até 1985, data da publicação do seu último livro, “Japão, a Construção de Um País Moderno”, Janeira, a par da sua carreira diplomática, demonstra uma capacidade criativa e crítica extraordinária, chegando a publicar no mesmo ano mais do que um trabalho.

Câmara Municipal de Torre de Moncorvo, 20 de Julho de 2015
Luciana Raimundo 

Sem comentários:

Enviar um comentário