quarta-feira, 29 de julho de 2015

Produção de vinho do Douro vai aumentar este ano

O aumento de produção de vinho no Douro pode chegar, este ano, a 30%, face a 2014, atingindo as 300 mil pipas. Para garantir estes números, é necessário, contudo, que o clima ajude, até Setembro. 21-07-2015 11:00 por Olímpia Mairos
Imprimir Enviar por E-mail Fonte Aumentar Letra Diminuir Letra
A produção de vinho na Região Demarcada do Douro (RDD) poderá crescer 20 a 30% face à colheita do ano passado. 
As previsões são da Associação de Desenvolvimento da Viticultura Duriense (ADVID), que aponta para uma produção "a rondar entre as 278 e as 300 mil pipas de vinho”. 
“Relativamente à produção do ano passado, o aumento é da ordem dos 20 a 30%”, avança a directora-geral da ADVID, Rosa Amador, advertindo, no entanto, que o resultado da próxi
ma vindima vai depender “das condições climáticas e fitossanitárias que se registarem até Setembro”.
“É fundamental que chova e que as temperaturas fiquem mais amenas para que se verifique uma boa colheita em termos de quantidade”, realça Rosa Amador. 
As previsões do potencial de colheita são efectuadas com base no modelo pólen, recolhido na fase de floração da videira, entre Abril e Junho, nas três sub-regiões do Douro: Baixo Corgo, Cima Corgo e Douro Superior. 
A directora geral da ADVID diz ainda que em relação à qualidade “é cedo para fazer previsões uma vez que as uvas estão a pintar agora”, salientando que “não houve até agora factores que possam vir a por em causa a qualidade”. 
Relativamente às questões fitossanitárias, a reduzida precipitação no inverno e primavera contribuiu para uma baixa pressão da doença do míldio na região. 
Já a nebulosidade, oscilações da temperatura e elevada humidade relativa do ar, registadas em Junho, associadas ao rápido desenvolvimento vegetativo, proporcionaram condições favoráveis ao desenvolvimento do oídio.

Fonte: http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=25&did=194148

Sem comentários:

Enviar um comentário