sexta-feira, 31 de maio de 2013

Cardanha - produção artesanal













FOTOS A.F.F.M.

6 comentários:

  1. Miza Lopes escreveu: Que bom,prima Lurdes!!! também sei fazer! o queijo de meia cura da outra foto deve estar uma delícia! quero provar!bjs.

    ResponderEliminar
  2. Leonel Monteiro escreveu:quanto eu corri a casa dessas pessoas que me dessem o resto que ficava, sobras soro como lhe chamavao,e por favor lá me davam dois ou tres litros,as pessoas amigas davão-me as fundeiras que ainda tinha uns restinhos que escapavam das mãos eram tempos crués

    ResponderEliminar
  3. Maria Pontes escreveu: Eu tambem me lembro de ir ao soro,e não éra para os porcos não,era para nós mesmo

    ResponderEliminar
  4. Querubina Isabel Fitas escreveu:ainda ontem meus pais e tios falaram nesses fatos, desses tempos (difíceis) mas acho que por esses alimentos naturais as pessoas mais antigas são extremamente fortes e resistentes.

    ResponderEliminar
  5. Era no tempo da 2ª Guerra Mundial. Portugal não entrou oficialmente nesta guerra, mas Salazar tinha as suas simpatias por Hitler, tal como apoiara e continuava a apoiar Franco e os fascistas espanhóis .
    Ora, comecei eu a escrever na sequência do que outros comentadores disseram sobre o soro e derivei para o tempo da 2ª Grande Guerra. Mas olhem que está tudo relacionado. A miséria, a penúria e até a fome entre os pobres em Portugal eram uma chaga tremenda. E os raparigos da Corredoura lá iam à Quinta dos Chibos buscar o soro, e a Tia Antoninha dava-nos um soro ainda com bastantes farfalhos do queijo e nós bebíamos logo ali, ainda morninho e sabia pela vida. Talvez porque a fome era muita. Depois a bondosa da Tia Antoninha deitava mais um ou dois canecos nas nossas vasilhas para acabar de as encher.
    Queridos Blogueiros: Leonel Monteiro, Maria Pontes e Querubina Isabel Fitas , era mesmo como vocês disseram. Eu também fui ao soro e não era para os porcos. Eu também vivi esses tempos cruéis.

    Abraços para todos
    Júlia Ribeiro (Biló)

    ResponderEliminar
  6. Agora pagamos caro por este soro, misturado ao Iogurte que compramos no supermercado.....

    ResponderEliminar