sexta-feira, 8 de maio de 2015

Torre de Moncorvo - Protocolo permite funcionamento da Unidade Móvel de Saúde de Torre de Moncorvo

A mostrar IMG_9203.jpg
No dia 6 de Maio foi assinado um acordo de cooperação entre a Câmara Municipal de Torre de Moncorvo, Santa Casa da Misericórdia e Unidade Local de Saúde do Nordeste com vista a colocar em funcionamento a Unidade Móvel de Saúde deste concelho. 
O Presidente do Concelho de Administração da Unidade Local de Saúde do Nordeste, António Marçôa, referiu que este protocolo vai reforçar a equipa da Unidade de Cuidados de Continuidade que tem em ação programas de acompanhamento a alunos em idade escolar, a grávidas, a utentes com necessidade especiais e a deslocação domiciliária. Assim, juntando os recursos próprios da Santa Casa, da Autarquia e da Unidade Local de Saúde pode-se incrementar e melhorar o apoio aos utentes. Já o Provedor da Santa Casa da Misericórdia, Fernando Gil, explicou que a Unidade Móvel de Saúde foi deixando de funcionar por falta de recursos e articulação, sendo que agora a Santa Casa coloca à disposição os recursos humanos e o carro e a autarquia uma comparticipação para coloca-la em funcionamento, a par do Cento e 12 Social que ajuda os idosos e famílias mais vulneráveis no arranjo de pequenos problemas domésticos.
A mostrar DSC_0134.JPGNa mesma cerimónia foi ainda assinado um contrato programa com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Torre de Moncorvo para o apoio ao transporte de doentes para hospitais centrais. O Presidente da Associação Humanitária, António Salema, referiu que este é o culminar de um processo, um vez que a Associação estava a ter muitos problemas com o transporte de doentes que não estão cobertos pelo Serviço Nacional de Saúde.
“Estes protocolos permitem levar a saúde da sede de concelho para as freguesias e àqueles que não têm a possibilidade de serem transportados para hospitais do litoral. Esta era uma carência da população que vai ser colmatada pela Associação Humanitária através deste subsídio atribuído pelo município que possibilita às pessoas, que até aqui não tinham possibilidades de pagar transporte, que seja a Câmara Municipal a assumir parte desse valor”, salientou o Presidente da Câmara Municipal de Torre de Moncorvo. Nuno Gonçalves explicou ainda que “ o protocolo com a ULS e Santa Casa era uma proposta que vinha a ser estudada não só no âmbito da enfermagem mas também de outras valências nomeadamente, a psicologia e o nutricionismo, que queremos levar às populações que estão mais afastadas da sede do concelho.”
A assinatura destes contratos insere-se no programa “Ninguém Fica de Fora” que além de cultural tem uma vertente social que pretende levar os cuidados necessários à população do concelho.

Câmara Municipal de Torre de Moncorvo, 08 de Maio de 2015
Luciana Raimundo 

Sem comentários:

Enviar um comentário