segunda-feira, 25 de maio de 2015

Dieta Mediterrânica, de Jorge Queiros, por Virgílio Nogueiro Gomes

Já todos ouviram falar da dieta mediterrânica, todos sabem dar um palpite, mas quando se perguntam detalhes as respostas começam a ser cada vez mais vagas. Depois há outros aos quais se pergunta se Portugal é um país de prática da dieta mediterrânica, e todos dizem que sim mas na prática são poucos os que sabem com exatidão do que isso significa.
Este livro, já em 2ª edição é uma obra fundamental para entender a evolução dos povos desta zona e os seus reflexos na sua alimentação. O seu autor, com méritos conhecidos, integrou a representação portuguesa para a classificação pela UNESCO da Dieta Mediterrânica como Patrimonio Cultural Imaterial da Humanidade. O livro tem, portanto, a escrita de alguém bem envolvido na problemática classificativa.
Se tem o valor das descrições da evolução histórica e sociológica dos habitantes da zona em causa, tem capítulo essências para a trilogia base do conceito definido por Ancel Keys nos anos 60: os cereais e o pão, o ouro líquido que é o azeite e a vinha. Natural que aborda as questões da cozinha mediterrânica em Portugal. Tem ainda um capítulo essencial que define o padrão alimentar da dieta mediterrânica que muitos deveriam ler. Ora é este padrão que os portugueses deveriam fixar para se sentiriam, de facto, inseridos neste programa. Ou melhor ainda que o autor se disponibilizasse para a edição mais leve para ensinamentos rápidos.
Excelente edição que todos deveriam ler e para que muitos aderissem à prática da dieta mediterrânica e verão que a sua saúde poderá melhorar.
Interessante e bem construído o capítulo final sobre o futuro da dieta mediterrânica. Futuro que depende de nós. E todos conhecemos a dificuldade da alteração de mentalidades e seus atos…! Excelentes conteúdos e fotos ilustrativas que apetecem.

Título: Dieta Mediterrânica
Autor: Jorge Queiroz
Editora: althum.com

© Virgílio Nogueiro Gomes

Fonte: http://www.virgiliogomes.com/index.php/livros/688-dieta-mediterranica

Sem comentários:

Enviar um comentário