segunda-feira, 18 de maio de 2015

“Energias Renováveis e Não Convencionais – Mobilidade Eléctrica"

A palestra, sob o título “Energias Renováveis e Não Convencionais – Mobilidade Eléctrica”, proferida, no passado dia 18 do corrente, pelo Engº. Técnico Oliveira Martins, na Escola Secundária Dr. Ramiro Salgado, em Torre de Moncorvo, teve a presença de uma boa representação da comunidade escolar local e de pessoas que não pertencem ao Agrupamento de Escolas de Torre de Moncorvo mas, igualmente, interessadas no tema.A exposição teve como objectivo contribuir para a divulgação da existência de uma imensa variedade de alternativas energéticas ao nosso alcance, suas principais características e potencialidades de utilização. Tendo sido genericamente descritos os sistemas energéticos, permitiu ter uma ideia das respectivas vantagens e desvantagens e tomar conhecimento dos níveis de implementação no nosso País.
Como conclusões finais:

a) Há um elevado interesse no aproveitamento dos nossos recursos, tendo em vista a sua utilização que se deseja crescente para evitar a nossa dependência energética e económica do exterior;
b) Reforça-se a ideia da necessidade do aprofundamento de um desenvolvimento tecnológico de algumas das formas de energia disponíveis que determine uma maior implementação no nosso território, apesar das medidas estabelecidas a nível do Estado.
No final da exposição, teve lugar um debate sobre alguns dos pontos apresentados o que veio demonstrar que o tema em questão despertou interesse junto dos assistentes. Que tivesse constituído algum estímulo é o desejo da Associação dos Alunos e Amigo do ex-Colégio Campos Monteiro.

Ramiro Salgado

Reedição de posts desde o início do blogue
Publicado a 20/03/2011

1 comentário:

  1. gostaria de saber se será verdade o que ouvi a um engenheiro da EDP sobre energias renovaveis, dizia ele que Portugal estava na vanguarda mas, como não tinha-mos capacidade para armazenar essa energia os Espanhois, nossos vizinhos fiacariam a ganhar pois ele tinham capacidade de armazenar essa mesma energia, mas era de borla, será verdade? alguem que me explique se souber.

    ResponderEliminar