segunda-feira, 25 de maio de 2015

Felgueiras - Torre e Moncorvo

Foto: Henri Richard
Felgueiras
A freguesia de Felgueiras está localizada num vale alargado e fundo, rodeada de elevações grandes que continuam a Serra do Reboredo, como o Monte do Malhão, Fraga do Chapéu e Ramalhão.
Alguns vestígios que apareceram na aldeia levam a pensar que foi habitada no tempo dos romanos.
Pode-se falar da origem de Felgueiras desde os primeiros tempos da monarquia. A partir de 1436, os moradores desta aldeia começaram a ter numerosos privilégios dos monarcas portugueses, exemplo disso é o caso de D. Duarte que concedeu grandes privilégios aos trabalhadores da " Mina de Felgueiras" e aos operários a quem se dava "por distinção o nome de ferreiros". Esses privilégios chegaram mesmo a causar conflitos com a Câmara de Moncorvo e com outras aldeias do concelho.
Era também nesta aldeia que antigamente se moía o pão que uma grande parte do concelho consumia e era também aí que se fabricava o ferro que abastecia quase toda a província de Trás-os-Montes. Posteriormente, a actividade dos cereeiros ganhou grande importância, pois esta terra foi um grande de centro de fabrico de velas, chegando a abastecer quase todo o norte de Portugal. Actualmente, a indústria das velas continua a desempenhar um papel importante para a gente de Felgueiras.
O antigo lagar comunitário de prensa de vara, onde todos os cereeiros iam fazer a cera, continua situado na margem da Ribeira de Santa Marinha.

Sem comentários:

Enviar um comentário