sexta-feira, 29 de maio de 2015

Freixo de Espada à Cinta: Idosos deram passeio de barco pelo Douro Internacional

Durante a tarde de ontem os idosos dos lares da terceira idade do Centro Social e Paroquial de Poiares, Lagoaça e Fornos foram dar um passeio de barco pelo Douro Internacional. O passeio que tinha como finalidade dar uma tarde diferente aos utentes destas instituições teve a duração de três horas e terminou com um lanche junto ao rio Douro.
Eram cerca das 14 horas e 30 minutos quando os cerca de trinta idosos, acompanhados pelas respectivas auxiliares e técnicas superiores chegaram ao cais da Congida. Era o início de uma tarde diferente, mas nos rostos dos idosos era visível alguma apreensão, para alguns este era o primeiro passeio que faziam de barco, e portanto não sabiam o que os esperavam, a água bem perto deles também os incomodou e como um senhor ia dizendo “as pernas já não ajudam para andar nestas andanças”, mas tudo mudou assim que o barco rompeu pelas águas do Douro. 
Os rostos apreensivos deram lugar a uns rostos felizes, e enquanto iam apreciando a vista iam cantando, e trocando impressões. Alguns relembravam que naquelas arribas já tinham tido um pomar, outros lembravam as horas passadas a apanhar azeitona. Uma viagem que os levou ao passado e os fez esboçar belos sorrisos. 
O senhor Caravau, um utente do lar de Poiares, era um dos mais efusivos, cantava, dançava e durante toda a viagem alegrou toda a gente, no fim mostrava-se satisfeito: “gostei muito da viagem, e da tarde bem passada”.
Clique nas fotografias para ampliar
A viagem foi pensada pela técnica superior do Centro Social e Paroquial de Poiares Vânia Sobral, que depois de conversar com as outras técnicas superiores, Conceição Gaspar, do Centro Social e Paroquial de Fornos e Liliana Moreno, do Centro Social e Paroquial de Lagoaça a puseram em prática. “Há cerca de dois ou três anos fizemos esta viagem com os nossos utentes, eles gostaram tanto que decidimos repetir”, disse-nos Vânia Sobral. 
A ideia foi apoiada pela autarquia de Freixo de Espada à Cinta que tratou de facultou o transporte para todos os idosos se deslocarem até à Congida e ofereceu a viagem de barco.

Sara Alves

Sem comentários:

Enviar um comentário