terça-feira, 1 de setembro de 2015

NORDESTE TRANSMONTANO - EFEMÉRIDES (01/09)

01.09.1740 – Notícia de Moncorvo: - …Nas casas do dr. João Eliseu de Sousa, juiz de fora desta vila e seu termo (…) ali por ele dr. Juiz de fora foi deferido juramento dos Santos Evangelhos a Gregório Luís, moleiro de Felgueiras (…) e o encarregou que bem e verdadeiramente servisse o dito ofício de moleiro, não levando mais do que lhe é devido e guardando a postura da câmara…
01.09.1807 - Alvará de aprovação da criação da “Companhia de Navegação do Rio Douro e de Mineração e Fundição de Ferro” cujo impulsionador e accionista principal era o capitalista Moncorvense João Carlos de Oliveira Pimentel. Um dos privilégios concedidos a esta Companhia era o do monopólio dos transportes fluviais entre o Porto e a região do Douro Superior.
01.09.1836– Início do Setembrismo, movimento político esquerdista radical lançado pelos deputados eleitos pelo círculo eleitoral do Douro. Em Trás-os-Montes iniciou-se então um período de fortes guerrilhas, de natureza político-religiosa que ficou conhecido pelo “cisma dos mónicos”.

01.09.1850 – Indo para Felgueiras, no cumprimento de suas obrigações de cirurgião do partido, faleceu de repente “ao fundo da tapada que é hoje de João António Ferreira” o dr. Manuel António Monteiro.
01.09.1925 – Conduzida a primeira carta de Bragança para Lisboa, por avião.
01.09.1932 – Em casa de José Miguel Peixoto reuniu a “Comissão nomeada em reunião de proprietários na câmara municipal deste concelho a fim de organizar nesta vila uma Corporação de Bombeiros”. Esta Comissão era constituída por José Manuel de Campos, Abílio António de Campos, Alberto Augusto Cardoso, António Joaquim Cautela, Herculano Augusto Fabião, dr. José de Abreu e José Miguel Peixoto.


António Júlio Andrade

http://lelodemoncorvo.blogspot.com/2011/02/torre-de-moncorvo-escaparate-v.html

4 comentários:

  1. João Carlos de Oliveira Pimentel é um ilustre moncorvense que merecia um estudo rigoroso.Grande empresário ,liberal,pai do general Claudino e avô do Visconde de Vila Maior.Projecto em 1807 ,um ano antes das invações francesas.Mais uma vez a ambição brutal dos politicos destrói o avanço da civilisação.
    M.C.
    Imagino estes três ilustres a olharem, hoje, para a sua casa (SOLAR DOS PIMENTEIS)e verem o estado lastimoso em que se encontra.

    ResponderEliminar
  2. Morreriam de desgosto ...

    ResponderEliminar
  3. Escrevo para perguntar se pode partilhar a referência bibliográfica que suporta a noticia acerca do Juiz de Fora de Moncorvo, João Eliseu de Sousa.

    ResponderEliminar