segunda-feira, 6 de abril de 2015

TORRE DE MONCORVO - CARDANHA (ROUBARAM A CALDEIRA)

.
6 de Agosto de 1953
Clique na imagem para aumentar ou abra a imagem numa nova janela para poder ampliá-la ainda mais.
(Clique com o botão direito do rato em cima da imagem que pretende ampliar e depois escolha a opção: "Abrir hiperligação numa nova janela", na mesma surge ainda uma lupa com um + para poder ampliar uma segunda vez)

(Reedição de posts desde o início do blogue)

12 comentários:

  1. Se roubassem a caldeira em Maçores, tipo no dia de S. Martinho, ("-Ai meu Deus"), não era a GNR que os prendia, mas sim, o Povo da Aldeia que os puniriam em Praça Pública, tal como acontecia na época medieval. Chicotadas, pedradas e umas "sapatadas", era o castigo que levavam....

    Olha logo em Maçores.... bem, bem...isso era o fim do Mundo...
    O Maçorano: Filipe Camelo

    ResponderEliminar
  2. Joaquim Silva: há coisa sobre a nossa aldeia que só é possivel saber graças ao LELO e também ao PAULO PATOLEIA
    muito obrigado aos dois

    ResponderEliminar
  3. Rapazes, reparai que era tempo de crise ...

    Júlia

    ResponderEliminar
  4. Conceição Lucas da Silva :Quem era o Dr. Francisco Rodrigues?

    ResponderEliminar
  5. O dr.Rodrigues era médico e vivia na rua da Misericórdia.Era sogro do dr.Sobrinho,que foi professor do Colégio Campos Monteiro e da Escola Industrial e presidente da câmara.

    ResponderEliminar
  6. O dr Francisco Rodrigues é o quarto a contar da esquerda da primeira fila, em pé:
    http://lelodemoncorvo.blogspot.com/2010/08/moncorvo-anos-30-foto-de-familia-ii.html

    ResponderEliminar
  7. Joaquim Silva: esse tal de DR RORIGUES era um médico que era da CARDANHA mas pouco ou nada fez pela aldeia - como eram ricos , gostavam mais de mordomias - esse médico é o mesmo que mandou fazer aquela casa enome , mais parece um comboio ou uma camioneta que está em frente á casa dos nosos pais . esse casa ocupou a rua mais de 2 metros - o pai muitas vezes falava nisso . eram os senhores que na altura dominavam a CÃMARA MUNICIPAL de MONCORVO , eram eles que dominavam tudo

    ResponderEliminar
  8. Joaquim Silva :esse médico era sogro do DR SOBRINHO que foi meu professor de português em MONCORVO. do DR SOBRINHO eu tenho boas recordações embora a maior parte do pessoal não gostasse dele porque gozavam com o homem -- eu sempre o respeitei e ele sempre me respeitou a mim . embora por vezes também tivesse com ele algumas zangas

    ResponderEliminar
  9. Joaquim Silva :eu não queria falar disto mas infelismente guardo uma recordação terrivel desta cara e não era preciso volltar a avivar-me a memória . este sr doutor DE MEIA TIJELA , quando eu era miúdo -- e como todos os miúdos têm medo ás vacinas -- uma das vezes que ele foi á CARDANHA dar as vacinas , eu fuji,: lá me apanharam , agarraram-me 3 ou 4 mulheres e este doutor deu-me um murro no nariz , eu sangrei, desmaiei e foi assim que este ( SÔ DOUTOR ) me deu a vacina

    ResponderEliminar
  10. http://lelodemoncorvo.blogspot.com/2010/09/torre-de-moncorvo-anos-30.html

    ResponderEliminar
  11. temos uns escritores que nem se dão ao luxo de corrigir os erros que escrevem mais valia não escreverem nada....

    ResponderEliminar