quinta-feira, 16 de abril de 2015

TORRE DE MONCORVO - ANOS 30












Click nas imagens para aumentar.

 Casamento do senhor Adriano Pires e dona Carmen e pais de Adriano Pires
Fotografias enviadas por Paulo Patoleia.

Reedição de posta desde o início do blogue

9 comentários:

  1. Estes senhores eram os viscondes do marmeleiro?

    ResponderEliminar
  2. Con Faustino: Minha mãe é afilhada da sra. Carmem.
    Ainda tenho uma medalha de santa Joana D'Arc que ela me deu quando a conheci. Foi há 43 anos atrás.

    ResponderEliminar
  3. A quinta do Marmeleiro foi comprada (conta-se que foi perdida por dívida de jogo)ao Visconde do Marmeleiro pelo senhor Adriano Pires, não o titulo. O brasão ainda se encontra na fachada da capela da quinta, com altar dedicado a S. Tomé. Continua propriedade da família, D.Carmen filha e eng. klaus de origem austriaca. Este casamento efectuou-se na cidade do Porto.

    ResponderEliminar
  4. Dizem os mais velhos que a quinta foi comprada pelo pai da dona Carmen ao famoso visconde.O jogo,arruinou mais os nobres de Moncorvo do que a republica.Há mais quintas perdidas ou ganhas ao jogo.Terricha e laranjeira andaram na roleta.
    A história do jogo em Moncorvo é um bom baú de recordações.Quem o abre?

    ResponderEliminar
  5. O senhor Adriano Pires era solicitador e a dona Carmen era farmaceutica e proprietária da farmácia com o mesmo nome.Viviam na casa que faz esquina do largo Diogo de Sá para a travessa que vai dar à rua visconde de vila maior.

    ResponderEliminar
  6. Arinda Andrés: Lembo-me muito bem da D. Carmem, na sua farmácia; e do marido, solicitador, também muito conhecido. Ela era uma figura carismática, sempre com os lábios , generosamente pintados, à época.

    ResponderEliminar
  7. Adriano Pires Herdou a Quinta do Marmeleiro e a casa de habitaçao por ter tratado da Dona nos ultimos Anos de vida.

    ResponderEliminar
  8. Graça Silvestre DISSE:Maravilhosa Foto! Relíquia! Julgo que Dona Carmen pertence a Foz Côa. Será

    ResponderEliminar
  9. Con Faustino disse:A Dona Carmem era madrinha de minha mãe.

    ResponderEliminar