quinta-feira, 23 de abril de 2015

Revista Colégio Campos Monteiro - Excertos ( II )

Padre Rebelo e o editor do blogue (1979)
“ O Sr. Padre Rebelo foi registando em letra de forma, ao longo da sua vida, tudo o que foi encontrado de interesse em Trás-os-Montes e Alto Douro e mostrava-me esses registos, quase todos eles repletos de anotações, feitas à mão, nas margens do texto. O Sr. Padre Rebelo gostava de partilhar os saberes, não os guardava egoisticamente para si.”
(Padre Rebelo, o homem, o colega e o mestre –António Pimenta de Castro)

“Ao asseverar a sua despolitização, o autor (Campos Monteiro) não fez mais do que reafirmar a defesa de uma sociedade contrária àquela que caracterizou a Primeira República. Não teve, todavia, tempo de vida suficiente que lhe permitisse olhar, criticamente, a ideologia. A que estruturou o chamado Estado Novo”
(Campos Monteiro, uma leitura—J. Ricardo)

“ O livro de Campos Monteiro (Ares da Minha Serra), não sendo de grande qualidade literária, respeitando embora os cânones da época, tem, no entanto, uma virtude única: dá-nos a conhecer não só o linguajar, bem como a topografia e os costumes de Moncorvo nos princípios do século passado”.
(Ares da Minha Serra—Rogério Rodrigues)

Reedição de posts desde o início do blogue

3 comentários:

  1. Ainda não vi a revista, mas dizem que é mais um documento para a história de Torre de Moncorvo.

    ResponderEliminar
  2. Gente de Moncorvo fala da terra que optou ou de onde nasceu.Por estes cinco ,já anunciados,a revista promete.

    ResponderEliminar
  3. Ainda não li a revista. Apenas passei os olhos pelos cabeçalhos dos artigos e posso garantir que é uma revista de qualidade.

    ResponderEliminar