domingo, 6 de março de 2016

Para cá do Marão...

Emblema da Casa de Trás-os -Montes e Alto Douro em Angola
Reedição de posts desde o inicio do blogue

5 comentários:

  1. Um dos directores desta casa, foi o Moncorvense Drtº Artur Carvalho, que faleceu a semana passada em Sintra.

    ResponderEliminar
  2. Bom dia, precisava da sua ajuda quanto a informações sobre o dr. Cristóvão de Andrade Freire, sobre quem publicou em outubro de 2011: sei que foi inquisidor em Coimbra, mas necessitava saber em que período de tempo. Diz que foi a partir de 7.8.1635 e até quando, sabe? Qual foi a fonte de onde recolheu esta informação? Nem sabe o quanto é importante esta data para a minha tese de mestrado. Agradecia-lhe imenso a ajuda.

    ResponderEliminar
  3. E para lá do Douro só há mouros.Este simbolo da "raiva" transmontana devia estar gravado em granito ou xisto nas entradas de Trás os Montes.Imaginam a entrada no concelho depois da ponte/barragem um grande painel com estes dizeres?Até o Vara tirava o chapéu.
    Lag

    ResponderEliminar
  4. prefiro estes dizeres :

    para lá do Marão...
    espoliam os que cá estão.


    Assim,sim, porque é a constatação do nosso triste fado.


    cps.
    A.B.

    ResponderEliminar
  5. Caro Anónimo. As informações que posso dar sobre Cristóvão de Andrade Freire resuimem-se a isto: Tomou posse do lugar na Inquisição de Coimbra em 7 de Agosto de 1635. Antes disso era Deputado da Inquisição de Évora. A fonte é: P. Fr. PEDRO MONTEIRO, Noticia Geral das Santas Inquisiçoens deste Reino e suas Conquistas, Ministros e Officiais , de que cada huma se Compeoem, p. 481.
    Se acaso necessiatr de mais alguma informação que eu possa dar pode contactar: antonio.julio.andrade@gmail.com

    ResponderEliminar