segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

NORDESTE TRANSMONTANO - EFEMÉRIDES (12/12)

12.12.1764 – A região de Torre de Moncorvo foi abalada por um forte sismo.
12.12.1845 – Notícia dos Cortiços informando de moléstia nas batatas.
12.12.1882 – D. Maria Emília de Morais Leal e D. Rosa Angelina de Morais Leal, irmãs, solteiras, maiores, filhas de José Francisco dos Anjos Leal e D. Luísa da Conceição Morais fazem testamento conjunto nomeando herdeiro seu irmão o padre António Bernardo de Morais Leal
12.12.1888 – Câmara de Moncorvo pede a Sua Majestade para que os livros findos dos registos de nascimento, casamento, etc. fiquem em Moncorvo e não vão para Bragança conforme o bispo acaba de ordenar. A petição não terá sido deferida e a verdade é que muitos desses livros parece que desapareceram, não se encontrando no Arquivos de Bragança.

12.12.1852 – Primeiras eleições directas em Portugal. No distrito de Bragança foram eleitos os seguintes deputados: Círculo de Bragança – José de Almeida Pessanha, José de Morais Faria de Carvalho e José Xavier de Morais Pinto. Pelo círculo de Moncorvo – Joaquim Rodrigues Ferreira Pontes e João Pedro de Almeida Morais Pessanha.
12.12.1900 – O comendador José Augusto de Barros, da freguesia de Vilarelhos, oferece 1200$000 réis para a construção de uma escola na sua terra.

12.12.1904 – Motim no seminário de Bragança, com os alunos a revoltarem-se e as forças políticas a promover comícios e manifestações em apoio aos seminaristas e contra o bispo D. José Alves Mariz.
12.12.1908 – Fundação da Sociedade Cooperativa de Consumo Moncorvense.

Reedição de posts desde o início do blogue

Sem comentários:

Enviar um comentário