quarta-feira, 28 de outubro de 2015

“Côa: Reinventar a Arte da Nascente à Foz”

A 18 de Abril, Dia Internacional dos Monumentos e dos Sítios – “Do Património Mundial ao Património Local: Proteger e Gerir a Mudança”, vai ser inaugurada, pelas 15h00, no espaço “Portas do Côa”, do Centro Cívico Nascente do Côa, a Exposição “Côa: Reinventar a Arte da Nascente à Foz”.
Esta Exposição surgiu da sinergia entre a Câmara Municipal do Sabugal e a Fundação Côa Parque (Parque Arqueológico / Museu do Côa), destacando-se o papel catalisador da Junta de Freguesia dos Fóios, tendo por denominador comum o Rio Côa e as formas de arte primitiva ao longo do seu curso, da Nascente à Foz, promovendo o património e a sua relação com o Homem / Território.

A presente iniciativa concretizou-se, com a adaptação de uma sala, no Centro Cívico Nascente do Côa, equipamento gerido pela Junta de Freguesia dos Fóios, de modo a que este passe a comportar um espaço, que passará a designar-se “Portas do Côa”, e no qual, através de um percurso, serão apresentadas ao visitante as várias formas de arte que proliferam nas margens do Rio Côa - da Arte Património Mundial da sua Foz à Arte Local do Alto Côa - onde se destaca a Estela da Idade do Bronze dos Fóios.
Os conteúdos da exposição serão iminentemente gráficos, aplicados sobre o invólucro do espaço expositivo, com o complemento audiovisual de uma zona de projeção. A exposição terá como público-alvo jovens do 1º e 2º Ciclo e adultos de todas a idades e formações.
A Exposição “Côa: Reinventar a Arte da Nascente à Foz” resulta da estratégia da Câmara Municipal do Sabugal na promoção dos territórios e do desenvolvimento do turismo, numa perspetiva sustentável. O projeto integra a Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE “Turismo e Património do Vale do Côa”, tendo sido candidatado, pela Câmara Municipal do Sabugal, ao Programa Operacional Regional do Centro.

Reedição de posts desde o início do blogue

Sem comentários:

Enviar um comentário