quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Vale da Vilariça - CHUVA (2/03/2012)













Fotos:Arquivo Farrapos de Memória.

Nota: Para abrir a página(ampliar as fotos), clique no lado direito do rato ;abrem as instruções, e depois clique em abrir hiperligação.

Reedição de posts desde o início do blogue

2 comentários:

  1. A seca está a preocupar seriamente os produtores de Alfândega da Fé e a causar prejuízos de milhares de euros.
    A situação mais preocupante é a falta de pasto para o gado que está a causar prejuízos aos criadores.
    Eduardo Tavares adianta que, só na Cooperativa Agrícola de Alfândega, os prejuízos deste ano já ultrapassam os 3 mil euros.
    “Neste primeiro trimestre, o nosso gado não teve pasto e tivemos de recorrer a alimentos secos. E isso já se traduziu num gasto extra de cerca de três mil euros.”
    Eduardo Tavares garante que a produção de cereja ainda não está afectada porque está nesta altura a surgir a flor.
    Mas se a chuva teimar em não vir, a situação pode ser preocupante não só para a produção deste fruto mas também para a produção de frutos secos e azeite.
    “Se o tempo se mantiver assim, para além da pecuária vai sofrer o azeite e os frutos secos, como a amêndoa, que está agora a vingar.”
    Uma preocupação comum aos produtores. Artur Aragão é produtor de azeite. Teme que o preço do azeite não aumente, caso haja menos produção, o que poderá trazer prejuízos a quem produz.
    “Se não chover, vamos ter grandes problemas no próximo ano. E isso não vai mexer no preço do produto.”
    A seca a provocar aos criadores de gado e poder vir a diminuir a produção de azeite deste ano.
    Escrito por Brigantia (CIR)

    ResponderEliminar