quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Exposição - Armanda Passos – Extinção III

A apresentação da Exposição Extinção III, dia 9 de outubro, às 17 horas, no Museu do Douro, reveste-se de um grande carácter simbólico uma vez que se trata da terra natal da Artista. Extinção III apresenta-nos mulheres «Gordas, bisbilhoteiras, intriguistas, secretas, poderosas, ameaçadoras, metediças, matronas, matreiras, doces, castas, voluptuosas e brincalhonas, as mulheres de Armanda organizam os nossos pesadelos e habitam os nossos sonhos. São as mu
lheres. As mulheres de Armanda são fortes, determinadas, reservadas e misteriosas, guardam segredos e espalham rumores, tecem intrigas e contam boatos, povoam histórias que são os seus quadros. Somos nós. Os olhos das mulheres de Armanda vêem, observam, fitam, investigam, meditam, dizem, ouvem, sentem, são negros e escuros, mas brilham na cor dos seus quadros, no céu dos seus fantasmas e na espessura dos seus sonhos. São os seus olhos. São nossos. Os bichos de Armanda são divertidos e monstruosos, tiram do peixe e da ave, saem ao percevejo e à enguia, vêm do ornitorrinco e do okapi, parecem-se com sapos e alforrecas, assemelham-se a cangurus e abelharucos, são poéticos e terríficos, quase carinhosos e domésticos, invadiram os seus quadros e ficam por ali, a viver connosco, nunca mais nos largas… Quase ouvimos as suas gargalhadas provocadoras. São os outros.», como nos descreve o Prof. Doutor António Barreto.
Nascida em Peso da Régua em 1944, Armanda Passos licenciou-se em Artes Plásticas pela Escola Superior de Belas-Artes do Porto, onde foi monitora de Gravura entre 1977 e 1979. Expõe desde 1976. Vive e trabalha no Porto, sendo agraciada pela sua obra, nomeadamente pelo Presidente da República com a Comenda da Ordem de Mérito em 2012. Tem participado em inúmeras exposições nacionais e internacionais e vários dos seus trabalhos integram coleções de prestigiadas instituições públicas como a Fundação Calouste Gulbenkian, a Fundação Oriente, a Fundação de Serralves, a Fundação Champalimaud, a Fundação Casa de Mateus, a Fundação Museu do Douro, a Secretaria de Estado da Cultura, o Museu da FBAUP ou a Reitoria da U. Porto e relevantes coleções privadas.

A Exposição de Armanda Passos intitulada Extinção III vai ficar patente ao público no Museu do Douro até 3 de janeiro de 2016.

Nota enviada pelo Museu do Douro

Sem comentários:

Enviar um comentário