domingo, 30 de março de 2014

FEIRA MEDIEVAL -BALANÇO POSITIVO

A Feira Medieval decorreu de 14 a 16 de Março no centro histórico da vila de Torre de Moncorvo.
Foram milhares os visitantes que estiveram presentes na Feira Medieval, onde ao mesmo tempo decorria uma Feira de Artesanato com 33 expositores, uma Feira de Produtos da Terra com 27 expositores e 7 Tasquinhas.
A feira teve início, no dia 14 de Março, com o Cortejo Medieval que se deslocou do Agrupamento de Escolas até à Praça Francisco Meireles, onde se realizou a leitura da carta de feira.
Durante os três dias não faltou a animação de rua com mendigos, ciganos, magos, bobos da corte, malabaristas e cuspidores de fogo. Tiveram ainda lugar algumas peças de teatro medievais, danças medievais, jogos tradicionais e falcoaria.
Destaque para os espetáculos de vídeo mapping, espetáculo de luz projetado na fachada da Igreja Matriz que fez a delícia das centenas de pessoas que assistiram diariamente.
A animação musical ficou a cargo dos gaiteiros Lengalenga, na sexta-feira, das Çarandas, no jantar de sexta e sábado e do Grupo de Cavaquinhos da Escola Municipal Sabor Artes, no Sábado à noite.
A aposta neste formato foi ganha, sendo uma iniciativa que o Município de Torre de Moncorvo pretende manter e melhorar nos próximos anos.
A Feira Medieval foi promovida pelo Município de Torre de Moncorvo com o apoio da Associação de Comerciantes e Industriais de Torre de Moncorvo, Agrupamento de Escolas, Alma de Ferro Grupo de Teatro, Junta de Freguesia de Torre de Moncorvo e Destacamento da Guarda Nacional Republicana de Torre de Moncorvo.
Fonte: http://www.torredemoncorvo.pt/feira-medieval-de-torre-de-moncorvo-contou-com-cerca-de-1000-figurantes

2 comentários:

  1. Eu, que estou longe, e acompanhei só pelo Blog, diria que foi extremamente positivo.

    Um grande abraço
    Júlia Ribeiro

    ResponderEliminar
  2. No site http://moncorvonoticias.wordpress.com/2014/03/30/comunicado-ps-torre-de-moncorvo/
    há um comunicado do PS de Torre de Moncorvo onde se diz as maiores asneiras e brutalidades que um partido que governou esta autarquia (bem ou mal mas governou) e que saiu derrotado nas ultimas eleições, porque seria? Os Portugueses estão a fazer um sacrifício muito grande, não creio que alguem defenda o actual governo Português e as medidas que faz com que sejamos mais pobres, isso não dá o direito de dizer tudo o que queremos porque somos do outro partido, ainda por cima mentira, o actual executivo ganhou as eleições, ponto final, acabou, tem agora quatro anos para demonstrar o que valem e por aquilo que se têm visto estão no bom caminho, os outros partidos terão os mesmos quatro anos para revelar o que valerão, (por aquilo que li no comunicado terão que trabalhar muito) mas pasme-se não é com este tipo de comunicado que conseguirão seja aquilo que for diz a dado passo e reparem na contradição desse mesmo
    (“Manifestamos no entanto a nossa completa discordância com o abandono das festividades da “amendoeira em flor” que deixaram Moncorvo fora da procura dos turistas, levando à pior “amendoeira em flor” de sempre) então o que foi para esses senhores a feira Medieval inserido na “festividade da amendoeira em flor”? estiveram no local? Ouviram os comerciantes, leram os jornais, ouviram as pessoas? Como disse atrás não podemos dizer que somos deste partido, defensor de não sei o quê e dizer as maiores asneiras e brutidades deste MUNDO, que nós o povo vamos acreditar, eu fico parva a olhar para isto, o partido Socialista em Moncorvo perdeu as eleições, ponto final, acabou agora terá que demonstrar aos Moncorvenses que tem capacidade para governar, tem que aprender a ser oposição para que os Moncorvenses tenham confiança, (não é dizer num comicio que a oposição era do próprio PS, aí demonstrou, tal como agora o desnorte que paira para aqueles lados) não será com este tipo de comunicado que se vai alem, sempre votei na esquerda este sentimento é repartido por todos aqueles que votaram na esquerda em Moncorvo e no País, mas não se revêem neste tipo de comentários, chega acabou, façam um acto de contrição e olhem para traz, a festividade da vila foi muito boa e teve gente como há muito tempo não se via, gente vinda de outros concelhos distantes e que querem voltar

    Nota: este meu cometário quer demonstrar a revolta e indignação perante aquilo que foi dito

    Elizabet Almeida

    ResponderEliminar