sábado, 30 de agosto de 2014

Centro de Artes Nadir Afonso - Boticas



Estudos produzidos na década de 50 expostos pela primeira vez 
Centro de Artes Nadir Afonso apresenta «Sequenzas»
«Nadir Afonso – Sequenzas» é o nome da exposição inédita que compila cerca de 300 estudos nascidos das mãos do artista flaviense. Com curadoria de Maria de Fátima Lambert, «Sequenzas» é uma mostra da criação artística de Nadir Afonso, produzida entre finais de 1940 e princípios de 1960.
 Trata-se de um conjunto de, aproximadamente, 300 estudos de carácter abstracto geométrico, compreendendo ainda a apresentação de uma ou outra tela, onde facilmente se observa a evolução face aos estudos iniciais. A curadora reuniu os estudos referentes a três períodos criativos do artista: o Espacillimité, que se relaciona com os trabalhos mais emblemáticos do pintor e que têm o mérito de conjugar o espaço e o movimento; o Barroco, expressado através de formas abertas, espiraladas e dinâmicas; e o período Egípcio, em que a linha curva convive com a recta, numa evocação clara a esta civilização.
Muitos dos esquissos foram concebidos longe do ateliê, com recurso aos meios que Nadir Afonso encontrava. Servia-lhe o verso das folhas de desenhos académicos realizados na Escola Superior de Belas-Artes no Porto, papéis de cálculos, cartolinas, papel vegetal ou até mesmo recibos. Nesses suportes, Nadir Afonso foi desenhando, com grafite ou a aguarela, motivos rectilíneos, circulares, quadrangulares, explorando as virtuosidades da composição geométrica.
A observação dos esboços do mestre permite aos visitantes ter uma noção mais apurada daquilo que é o exercício de criação, das horas gastas na procura da essência matemática das obras e da exigência do artista.
“Nadir Afonso – Sequenzas” vai ficar patente até 19 de Outubro de 2014, sendo a entrada gratuita. A exposição pode ser visitada de terça a sábado, entre as 9h e as 12h30 e no período da tarde, das 14h às 18h.
Centro de Artes Nadir Afonso: a geometria do berço. 
Inaugurado em Julho de 2013, o Centro de Artes Nadir Afonso perpetua a ligação de um dos maiores expoentes da pintura contemporânea portuguesa ao concelho de Boticas, de onde era originária a sua progenitora.
O projecto do Centro de Artes Nadir Afonso foi distinguido no Internacional Architecture Awards 2009, tendo sido elogiada “a arquitectura aberta como uma plataforma para as pessoas, com um grande sentido de lugar e uma profunda sensibilidade nos materiais utilizados”. No ano seguinte, recebeu o Green Good Design Award atribuído pelo “The Chicago Athenaeum: Museum of Architecture and Design” e pelo “The European Centre for Architecture Art Design and Urban Studies”.
da autoria da arquitecta norte-americana Louise Braverman e com a colaboração de Paulo Pereira Almeida e do próprio filho de Nadir, Artur Afonso, o equipamento é uma homenagem ao pintor flaviense, falecido em Dezembro do último ano.

Fonte:  Notify – Atelier de Comunicação| Incubadora de Empresas UTAD, Gabinete 8, Vila Real

Sem comentários:

Enviar um comentário