terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Torre de Moncorvo paga dívida de 1,4ME à Águas de Trás-os-Montes e Alto Douro

Foto Lb
Torre de Moncorvo, 28 jan (Lusa) - A câmara de Torre de Moncorvo (PSD) anunciou hoje a liquidação de uma dívida de 1,4 milhões de euros à empresa Águas de Trás-os-Montes e Alto (ATMAD).
O compromisso já foi assinado pelas partes e o processo de pagamento é concretizado através da "abdicação" do pagamento de rendas que serviram para "amortizar" capital e com recursos em fundos próprios do município, estes no valor de 69 mil euros.
"As rendas que foram contratadas até 2031 com ATMAD foram afetadas à amortização dessa dívida, juntando-se ainda um pagamento de 69 mil euros provenientes dos cofres da autarquia, de forma a amortizar o montante de 1,4 milhões de euros que o município devia a empresa ATMAD", explicou à Lusa o presidente da Câmara, Nuno Gonçalves.
O autarca social-democrata acrescentou que foram também pagos 430 mil euros de um empréstimo de curto prazo.
Por outro lado, a autarquia está em negociação com a ADSE o pagamento em prestações de uma dívida que ronda os 132 mil euros. Em cima da mesa está a possibilidade de o montante ser liquidado através de 'tranches' de 2.500 euros/mês.Os pagamentos efetuados servem para dar seguimento ao comprimento da Lei dos Compromissos e assim autarquia poder libertar fundos para futuros investimentos.
Nuno Gonçalves fez contas e garantiu que nos primeiros 100 dias do seu primeiro mandato já pagos cerca de dois milhões de euros de dívidas"A Lei dos Compromissos é um autêntico grilho para os autarcas e, assim, com estes acordos de transação e pagamentos, permite-nos a libertação de fundos e a alocação de meios financeiros ao investimento no concelho", frisou.
O passivo da câmara de Torre de Moncorvo, à data da tomada de posse do atual executivo, era de 24 milhões de euros, fixando-se agora nos 22 milhões.
FYP // JGJ
28-01-2014 10:47 | Norte
Fonte: Agência Lusa

4 comentários:

  1. Quem paga o deve das más línguas não teme.Quem me diz que mistério encerra o pagar 2M€ em 100 dias e dever 24M€ em 29 anos
    .Alexandre G.

    ResponderEliminar
  2. Na engenharia financeira vale mais um formado em direito do que dois engenheiros.
    moncorvense

    ResponderEliminar
  3. Antonio Dinis
    Paga o que deves veras o que te resta.

    ResponderEliminar
  4. O total da dívida a dividir por cada habitante do concelho dá sensivelmente 2500 euros.

    ResponderEliminar