quinta-feira, 19 de abril de 2012

CARDANHA - QUALIDADE

Foto A.F.F.M.

6 comentários:

  1. História

    A aldeia de Cardanha, situada na margem direita do Rio Sabor, é habitada desde os tempos pré-romanos e surge referenciada nos forais de Vila Flor, Alfândega da Fé e Torre de Moncorvo.
    A palavra Cardanha deve derivar de "casinha térrea", ou seja, barraco, local pequeno para habitação, o que se percebe porque na época, nos meios rurais, as construções eram mais pequenas e com menos divisões. Em 1515, D. Manuel dá foral a Alfândega da Fé e aparece esta aldeia integrada neste concelho. Só em 1853 passa para o domínio do Concelho de Torre de Moncorvo a que hoje pertence.
    Esta povoação bastante antiga, apesar de estar longe dos grandes centros de decisões, tem teimado em não se despovoar e esforça-se por acompanhar com dificuldades o progresso que as novas décadas exigem. A Cardanha é uma das terras que pertenceu ao morgadio dos Marqueses de Távora, instituído em 1536. As casas típicas transmontanas em granito são uma constante na freguesia. Algumas delas mostram a sua pertença a familiares rurais importantes, onde não faltam as escadas exteriores e as suas varandas. A aldeia proporciona a observação de montes e vales, destacando-se as vistas do Felgar, Larinho e Carvalhal.
    http://www.torredemoncorvo.pt/cardanha

    ResponderEliminar
  2. Encontrei na net ,se o quizer publicar:
    1. Relatório

    A 06 de Dezembro de 2010, no Tribunal Judicial da Comarca de Trancoso, M (…), Unipessoal, Lda. instaurou acção declarativa sob forma ordinária contra L (…), Lda. pedindo que seja “declarada a anulação do registo da ré relativo à marca “Flor da Cardanha”, bem como ao pagamento de uma coima apropriada por ter sido realizado esse registo tendo em vista, por parte da ré, objectivos que cabem dentro da definição de concorrência desleal.”

    A autora alega para fundamentar as suas pretensões que utiliza desde 2006 a marca “Flor da Cardanha” para identificar o queijo que produz e comercializa desde 1998, com nome no mercado, o qual é identificado, pelos consumidores, através das características que o individualizam, provenientes das espécies de ovelhas próprias da região – a churra e a branca – bem como pelo pasto do local e pelos meios artesanais de fabrico, e que assim logrou a sua implantação, reconhecida inclusivamente em exposições internacionais, sendo sócia da Câmara de Comércio e Indústria, fazendo parte da marca “Compre o que é nosso – Made in Portugal”, com os queijos “Flor da Cardanha” e “Vale do Sabor”; mais invoca que teve provisoriamente protegida a marca, com referência à categoria 29, queijos, mas que esse registo veio a caducar por erro contabilístico, desconhecido da empresa, que se traduziu na falta de pagamento das taxas devidas, assim permitindo que a ré registasse no dia 20 de Outubro de 2009, a seu favor, a mesma marca na mesma categoria 29; conclui afirmando que a empresa demandada, que não fabrica o queijo na região, não utiliza o leite da região, nem sequer utiliza os mesmos processos de produção, mais não pretendeu do que aproveitar-se do nome já implementado e reconhecido no mercado, para angariar a clientela pertencente à autora, a quem, enganosamente, fornece queijo de diferente qualidade, vendido a preço inferior.

    TEXTO COMPLETO http://www.dgsi.pt/jtrc.nsf/8fe0e606d8f56b22802576c0005637dc/cb364f6053264920802579db0053c35a?OpenDocument

    ResponderEliminar
  3. Os queijos da Cardanha estão à venda nas lojas da vila( no Belchior,por baixo da casa da avó,no mercado etc., em muitas terras de Trás os Montes e no Porto.

    ResponderEliminar
  4. Gloria Marques escreveu: Muito bom o queijo da cardanha!!

    ResponderEliminar
  5. Eva Raimundo escreveu no mural da Cardanha:Um dia destes pergunto a minha prima Tiza se ha lá em Moncorvo. se a Dina tiver é facil porque ela manda pelo correio. Ja tenho pedido coisas a Dina e ela manda a pagra cá o que é bom.
    http://www.facebook.com/groups/309243181300/?ref=ts

    ResponderEliminar
  6. Visite a página da Cardanha no fb e veja todos os comentários a este post.
    http://www.facebook.com/groups/309243181300/?ref=ts

    ResponderEliminar