sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

BAIXO SABOR - ACHADOS ARQUEOLÓGICOS

4 comentários:

  1. Trabalho,dedicação ,profissionalismo,paixão é o que irradia dos depoimentos dos arqueólogos.O Felgar vai ficar com um centro de interpretação notável que se for bem gerido pode ser um polo de desenvolvimento.A gerência da casa de Santa Cruz tem que pensar em mais uma casa de turismo.
    Temos que tirar partido destes trabalho e os felgarenses devem lutar para que tudo que for encontrado em Cilhades fique na sua terra e não vá parar a Lisboa como foram já tantas coisas.
    António G.

    ResponderEliminar
  2. Fascina-me oa excitação mórbida das televisões por mortos.Filmem a nossa realidade ,o caminhar para uma degradação de viva que nos leva a um estado de vegetão sem recuo.Estamos mortos e não sabemos.Desenterrar mortos com a mesma excitação com que os últimos governos nos enterram.E assim passam os dias .2012 é um de novembro de 365 dias.
    J.

    ResponderEliminar
  3. É uma pena esta barragem ir para frente, pois quem mais vai perder é o povo que sempre trabalhou aquelas terras.

    O que se pretende é não deixar enterrado e debaixo de água este legado de toda a humanidade!
    Renato Pires

    ResponderEliminar