terça-feira, 28 de dezembro de 2010

TORRE DE MONCORVO - EFEMÉRIDES (28/12)

28 Dez. 1395 – O rei D. João I assina o alvará de criação da feira franca de Torre de Moncorvo, com a duração de 15 dias, a começar no dia 1 de Maio de cada ano.


28 Dez. 1843 – Francisco Carneiro de Magalhães e Vasconcelos escreve na Revista Lisbonense uma notícia dizendo que há 13 dias que se não vê o sol em Torre de Moncorvo e que a geada e o frio são demasiados. Mas que a paisagem é bonita: - Goza-se agora de uma vista que arrebata, imitando perfeitamente os fios de uma teia de aranha, festões e flores de finíssimas pérolas ou fiadas de brilhantes”.

António Júlio Andrade

4 comentários:

  1. Este rei (D.João I ) fez muito por Moncorvo.E nem sequer há uma rua com o nome dele!

    Maneldabila

    ResponderEliminar
  2. Mesmo sem sol a paisagem é bonita.Claro, é Moncorvo a Sintra do Norte.

    ResponderEliminar
  3. Uma feira a durar 15 dias, buah! 15 horas no tempo dos nossos avós.15 minutos, pouco mais ao menos ,é o tempo que levo quando passo por lá.E é tempo perdido.A minha avó ,quando ia ao Porto, dizia-me; vamos à feira!Anda!.Era o Continente!Ela é que sabia.

    ResponderEliminar
  4. Diz quem sabe que foi numa feira de Maio em Moncorvo que D.Luis encontrou a Violante.O Prior do Crato apareceu 9 meses depois .Dizem.

    ResponderEliminar