terça-feira, 4 de setembro de 2012

O Vinho

O vinho é que promove a lúcida evasão
Nós apenas seguimos o seu rasto
frágil. entrançado e perdendo-se
(perdendo-mos)na bruma: a redenção.
Se alguém fala então, e o que diz -
não ouvimos: os ouvidos ocupados
em sumir do rumor os mal unidos
elementos, a voz rouca. infiltrada.
A demora fabricando-se por seus
próprios meios, a fim de que o temido
regresso nunca, nunca acontecesse.
Mas sobrevérn a manhã: fantasma nu,
faz de nós estes vultos taciturnos
em rigoroso retorno do país.



In "Aqui e Agora Assumir o Nordeste" (Antologia) de A.M.Pires Cabral .Âncora Editora 
Ver:
http://lelodemoncorvo.blogspot.pt/2011/09/ampires-cabral-escaparate-xxxix.html
http://lelodemoncorvo.blogspot.pt/2010/12/m-pires-cabral-torre-de-moncorvo.html

Sem comentários:

Enviar um comentário