sábado, 22 de setembro de 2012

FESTIVAL TEMPO D'ALDEIA

Festival Tempo de Aldeia - 26 a 30 de Setembro de 2012 | São Pedro de Rio Seco, Almeida
12.09.2012
É um festival que quer apresentar a aldeia de S. Pedro a quem quer conhecer e envolver-se mais com a aldeia. Os intervenientes serão convidados a partilhar os seus próprios temas de domínio sob a forma de workshops ou palestras, desenvolvendo a interacção humana, aprendizagem informal, partilha de diferentes saberes, sabores e experiências de vida.

Pretende-se criar um maior contacto com a realidade do concelho de Almeida, os seus espaços naturais e as suas gentes.
Muitos convidados vão conversar sobre ambiente, sustentabilidade, novas visões para a agricultura em Portugal, novas soluções para o problema da desertificação do interior e muitas ideias de empreendorismo serão discutidas e propostas aos jovens e graúdos do Concelho de Almeida.
Nas adegas vai-se provar o vinho de São Pedro com muito convivío e bons petiscos para toda a gente.
A Rota do Contrabando será uma aventura por antigos caminhos de Portugal a Espanha, na companhia dos nossos fiéis companheiros, os burros.
As pessoas da aldeia ensinarão as suas artes e ofícios – como fazer queijo, rendas, tricot, crochê, licores caseiros ou sabonetes naturais, como empalhar cadeiras ou como fazer pão de páscoa. Abrirão as suas adegas, partilharão os seus saberes, as suas qualidades como cozinheiros, as suas criações, de artesanato e comestíveis.
Muitos passeios e caminhadas, observação de aves, tractor safari, exposições de pintura, sessões de cinema, contadores de histórias, torneio de sueca, encontro de músicos e de artistas, será um espaço para o convívio, criação e boa disposição.
O festival é organizado pela Comissão de Festas Tempo d’Aldeia, com o apoio da Junta de Freguesia de São Pedro de Rio seco, da Câmara Municipal de Almeida e Associação Rio Vivo, entre outros.

1 comentário:

  1. Parece que já não temos futuro,mas ainda somos capazes de preservar a riqueza do passado.Parabéns poe estas louváveis iniciativas.

    ResponderEliminar