segunda-feira, 29 de agosto de 2011

FELGAR - FOGUEIRA DO GALO

Click na imagem para aumentar.

Espólio Fotográfico do Dr. Santos Júnior

4 comentários:

  1. Uma fogueira antiga, em pleno Verão.


    Qd. a canícula aperta e os fogos de mão criminosa têm debastado tudo o que há para arder, é algo irónico ver esta excelente foto de uma antiga fogueira do galo.

    Hoje, se no Felgar a tradição ainda se mantem, embora noutra centralidade, a velha fogueira do galo, assim como a velha Praça, já morreu.

    Deitaram-se abaixo as àrvores, porque incomodava alguém o ruido da malta que nelas se abrigava.

    Desapareceram e levaram sumiço estes 2 belos pináculos de pedra - onde se fazia o teste de transição da meninice para a adolescência a quem os conseguisse saltar em claro - pq. o Abade assim o quis, apesar de dizerem os novos investigadores que era um homem muito dado às arqueologias.

    Á esq. a casa dos Guerras foi restaurada, mau-grado 2 ovnis no telhado que muito a desfeiam.

    O sóto e a casa da Simona à dta. foi abaixo em nome de um arremedo de um progresso do tipo pombalino que pseudo poderoso assim quis,e o querer duns neste tempo contava muito - pudera, se foi ele quem ficou a lucrar -.

    E agora, se ainda temos fogueira do galo, o que nos resta a nós felgarenses da Praça, do velho Rossio?

    Pouco, muito pouco. Passamos por lá como cão em vinha vindimada e aflige-nos a desertificação que a rodeia e a falta de bulicio.

    Vale-nos, por isso, esta excelente foto dum ilustre moncorvense para nos fazer lembrar uma realidade intemporal... e, porque não, a crença inabalável de que as novas realidades que nos rodeiam - apesar de comandadas por urbanoides - trarão progresso a rodos para a aldeia.

    Aguardemos...


    Hardy.

    ResponderEliminar
  2. Fotografia espectacular Obrigado

    ResponderEliminar
  3. Em que ano foi tirada esta foto,quém sabe????

    Eu gostava de saber,,,Antonio da Queija

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Da'Queija não sei a dta tambem em que foi tirada a foto mas que è muito antiga è ainda me lembro muito bem da praça ser assim linda, mais que atualmente e o que escreveu o anonimo Hardy no seu comentario sobre a praça me trouxe uma saudade imensa pois quantas vezes eu pulei os pinocros ou pinaculos de edra como ele descreve, infelizmente so resta a lembrança tambem da parreira a casa da ""Simona""

      Eliminar